on-load-remove-class="default-font">
×
Loading ...

Por que um dos meus disjuntores não para de desarmar?

Atualizado em 17 abril, 2017

Um disjuntor desarmado pode ser alarmante e inconveniente, especialmente se ocorrer à noite. No entanto, a finalidade de um disjuntor é manter você e sua família seguros. Conforme a eletricidade entra em sua casa, ela passa pelo disjuntor, que regula a quantidade de energia enviada a determinadas saídas. Como estas saídas só podem conter determinada intensidade de corrente elétrica antes de superaquecer e causar incêndios, o disjuntor desliga, ou desarma, prevenindo uma situação perigosa. Há uma série de fatores que podem desarmar disjuntores.

Um disjuntor desarmado pode deixá-lo no escuro (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

Sobrecarga de circuitos

A causa mais comum de desarmamento de disjuntores é a sobrecarga de circuitos. Os circuitos elétricos em sua casa são projetados para transportar uma quantidade limitada de corrente e, quando você tenta elevar essa corrente além do limite, o circuito desarma. Uma solução simples é redistribuir a eletricidade de diferentes circuitos, ligando itens de utilização muito frequente em diferentes pontos de saída. Aparelhos de aquecimento e refrigeração, tais como aparelhos de ar condicionado de janela ou secadores de cabelo, tendem a puxar muita corrente.

Loading...

Mal contato

Outra causa de desarmamento frequente pode ser um mal contato em uma tomada ou no próprio disjuntor. Quando a energia é desligada, verifique os pontos de saída supridos pelo circuito para ver se alguma fiação está solta e aperte conforme a necessidade. Se não for uma das saídas, então é possível que você tenha uma conexão solta no próprio disjuntor. O painel elétrico em seu disjuntor é comumente o culpado de mal contato.

Curto-circuito

Um curto-circuito é uma causa menos comum, mas mais perigoso, de desarmamentos de disjuntor. Um curto-circuito é causado por uma ruptura na fiação em sua casa, que resulta em um fio quente entrando em contato com um outro fio quente ou um fio neutro. Curto-circuitos nem sempre são óbvios. Os sinais indicadores de um curto-circuito são cabos de alimentação danificados, fumaça ou cheiro de queimado saindo da tomada afetada, ou coloração marrom ou preta na tomada.

Fase-terra

A fase-terra é, na verdade, um tipo de curto-circuito. As fases-terra ocorrem quando um fio quente entra em contato com um fio de cobre desencapado, ou até mesmo com a caixa de metal em torno do disjuntor. Essa caixa está ligada a um fio-terra. Esse recurso de segurança impede a eletrocução se o fio quente tocar a caixa. As fases-terra não são muito comuns e muitas vezes necessitam de reparo profissional.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...