Mini rosas que podem ser cultivadas dentro de casa

Escrito por jessica westover | Traduzido por marisa mangrum
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Mini rosas que podem ser cultivadas dentro de casa
Mini rosas são cultivadas em vasos dentro de casa (Brand X Pictures/Brand X Pictures/Getty Images)

As mini rosas são um tipo de arbustos de rosas que produzem flores de 3 a 5 cm. Elas são chamadas de mini rosas porque são menores que a versão rosa floribunda. A altura das mini rosas maduras variam de 15 a 45 cm, dependendo do tipo. Por causa de seu tamanho, muitos proprietários gostam de cultivá-las dentro de casa, em vasos pequenos. Starina, minnie pérola, jade negro e snowbride são algumas variedades recomendadas pelo programa de horticultura da Universidade Estadual de Iowa.

Outras pessoas estão lendo

Recipiente

As mini rosas são melhor cultivadas em um vaso de 15 a 20 cm. Esse tamanho deixa espaço para as raízes crescerem e desenvolverem-se. É especialmente importante que tenha furos na fundo do vaso para drenagem adequada. Mesmo que as rosas gostem de água, não é bom que as raízes fiquem submersas. Os furos permitem que o excesso de água seja escoado, reduzindo o risco das raízes ficarem doentes. Mini rosas devem ser plantadas em solo comercial que contenha vermiculita e perlita.

Luz solar

Assim como suas parentes maiores, as mini rosas exigem grande quantidade de luz solar. Elas precisam de pelo menos 6 horas de luz solar direta, diariamente. As janelas que estejam na direção do sul ou oeste são os melhore pontos para colocar suas rosas. Gire a posição dos vasos a cada uma ou duas semanas para estimular um crescimento por igual. Verifique se a temperatura mantém-se a 15 graus Celsius ou mais quente. Se as mini rosas forem expostas a temperaturas mais baixas que 10 graus, elas irão produzir menos flores.

Água

As mini rosas exigem ser aguadas mais frequentemente porque seus vasos menores podem secar rapidamente. Uma vez que 3 cm do solo estiver seco, elas deverão receber água. Use um regador para colocar água diretamente no vaso, até escorrer pelo fundo. Tenha cuidado para não colocar água nas folhas, já que isso pode causar a formação de bolor. As mini rosas também precisam de umidade para evitar que as folhas amarelem e murchem. Um umidificador pode ser usado para aumentar a umidade do local. Uma segunda opção é colocar o vaso em um prato cheio de pedras. Adicione água ao prato, mas certifique-se de que não alcance o fundo do vaso.

Fertilizantes

As mini rosas precisam ser fertilizadas uma ou duas vezes por mês durante o estágio de florescimento. Os fertilizantes ricos em potássio são melhores, já que estimulam crescimento. Um fertilizante de 5-5-10 de nitrogênio, fósforo e potássio é um bom exemplo de boa mistura para as mini rosas. Todos fertilizantes devem ser aplicados a um quarto de potência para evitar excesso de fertilização, que pode causa excesso de crescimento verde e ao mesmo tempo limitar a formação de flores.

Poda

As mini rosas precisam ser podadas, assim como as rosas comuns. Remova as flores velhas para estimular o crescimento de outras, corte a haste até a primeira folha com cinco folhas menores. Retire quaisquer folhas amarelas, doentes ou mortas. Corte galhos fracos ou doentes para afinar a planta e encorajar um formato redondo e saudável.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível