Minociclina para o tratamento da acne

Escrito por shelley moore | Traduzido por ana rodrigues
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Minociclina para o tratamento da acne
A minociclina é um dos vários antibióticos tetracíclicos orais eficazes no tratamento da acne (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)

A acne é causada por glândulas sebáceas hiperativas que produzem excesso de oleosidade, entupindo os poros com células mortas da pele e proporcionando um ambiente favorável para as bactérias. A minociclina é um dos vários antibióticos tetracíclicos orais eficazes no tratamento da acne, estando disponível em várias marcas e versões genéricas, capaz de matar a bactéria Propionibacterium acnes (P. acnes).

Outras pessoas estão lendo

Objetivo

A minociclina é prescrita para pacientes com acne crônica e persistente grave que não responderam de forma eficaz a outros métodos. É aprovada no tratamento da acne nodular, que envolve grandes e sólidas lesões dolorosas sob a superfície da pele, e para a acne cística, que provoca profundas e dolorosas lesões cheias de pus, que podem deixar cicatrizes. Uma marca em particular, Solodyn, também é aprovada para o tratamento de acne moderada.

Função

Como todos os antibióticos, a minociclina elimina bactérias e impede a progressão do seu crescimento, mas as tetraciclinas têm outra vantagem em relação à acne: a redução da inflamação. Mesmo quando ainda ocorrem espinhas, a vermelhidão, o inchaço e a dor diminuem. O tratamento com a minociclina é mais eficaz quando o paciente continua aplicando um retinoide específico ou creme de peróxido de benzoíla.

Considerações

Os médicos preferem receitar o tratamento com antibióticos para a acne em um espaço de tempo tão curto quanto possível, pois as bactérias da acne tornam-se resistentes à medicação. De acordo com um artigo publicado no Dermatology Times, a resistência das bactérias da acne aos antibióticos vem aumentando rapidamente desde os anos 1970. A minociclina manteve a maior eficácia durante esse tempo, enquanto a eritromicina já não trabalha contra as bactérias da acne.

Efeitos colaterais

A minociclina pode causar numerosos efeitos colaterais, embora a maioria desapareça rapidamente. Estes incluem diarreia, dificuldade de engolir, tonturas, fadiga, febre, dor de cabeça, indigestão, falta de apetite, náuseas e vômitos, prurido, vermelhidão da pele e reação da pele à luz solar. Tomar minociclina por muitos meses pode causar uma descoloração da pele que se parece com contusões, o que eventualmente desaparece depois que o uso do medicamento é interrompido. Um raro efeito colateral grave é o desenvolvimento do lúpus, que ocorre em cerca de uma a cada 10000 pessoas, de acordo com o American Osteophatic College of Dermatology.

Usos adicionais

Além do tratamento contra a acne, a minociclina é utilizada contra outras infecções, incluindo clamídia, gonorreia, doença de Lyme, infecção do trato urinário e articulações dolorosas e inchadas, como artrite reumatoide. Também é eficaz no tratamento da rosácea, uma erupção cutânea facial crônica que cria vermelhidão e inchaços.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível