Como misturar sal marinho em um aquário de água doce

Escrito por jonita davis | Traduzido por alice matos
Como misturar sal marinho em um aquário de água doce
Alguns parasitas e doenças podem ser tratados adicionando sal marinho na água do aquário (Medioimages/Photodisc/Photodisc/Getty Images)

O sSal marinho é usado aquários de água salgada para aumentar a salinidade, mas alguns experts em aquários também o usam para aumentar a saúde de peixes de água doce. Quando misturado à água doce, em quantidades específicas, o sal marinho pode adicionar eletrólitos aos peixes e ajudar a criar o muco que eles precisam para ajudar na osmose. Ele também previne doenças comuns em peixes, como o íctio. Salpicar a água com sal pode prejudicar os peixes. Há um modo de adicioná-lo sem traumatizar os peixes e plantas no habitat.

Preparando-se para novos peixes de água doce

Um colher de chá de sal marinho para cada 40 L de água pode agir como medida preventiva contra a doença comum a peixes. Adicione o sal a água e ligue o filtro por algumas horas antes de colocar novos peixes no aquário. Fazer isso pode evitar ter muito sal em uma área concentrada que pode prejudicar os animais.

Sal como remédio

O sal marinho pode matar parasitas em aquários de água doce e ajudar os peixes a curar ferimentos. Um mergulho em água salgada mata os parasitas quando 1 xícara e 1/2 de sal é adicionada a cada 40 L de água. Se os peixes tolerarem bem o nível de sal, mantenha-o por até três semanas ou até que os parasitas sumam. Então, coloque os peixes de volta à água doce. Coloque uma colher de chá de sal no aquário de água doce contendo um peixe machucado para ajudar no processo de cura. Quando o ferimento sarar, mude a água para remover o excesso de sal e permitir que o peixe descanse.

Mantendo um ambiente de água salobra

Alguns peixes prosperam em habitats salobros, um que seja um pouco da natureza dos peixes de água salgada, mas que ainda seja de água doce. Molinésias, barrigudinhos e combatentes amam o ambiente salobro. Adicione uma colher de chá de sal à água a cada troca para mantê-la salgada.

Avisos

Peixes que mostram sinais de estresse devem ser retornados a água doce imediatamente. Peixes com escamas não toleram nenhum sal na água e nem plantas vivas que populam muitos aquários. Aqueles que precisam de tratamento com sal devem ser segregados até que o tratamento termine.

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível