Moda de casamento nos anos vinte e trinta

Escrito por grace riley | Traduzido por lúcia collischonn de abreu
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Moda de casamento nos anos vinte e trinta
Noivas dos anos vinte e trinta favoreciam o véu estilo Julieta e faixas (George Marks/Retrofile/Getty Images)

A moda de casamento reflete as tendências, valores e costumes do tempo no qual é criada. Se a moda como um todo tende a estilos mais conservadores, também o faz a moda nupcial. Dessa maneira, as roupas de matrimônio são indicadores do clima cultural no qual os estilistas as fizeram. Os anos vinte e trinta foram as primeiras décadas nas quais as mulheres tinham direito ao voto, e liberdade era um tema recorrente na moda comum e nupcial.

Outras pessoas estão lendo

Bainhas

A mudança mais marcante no vestuário feminino dos anos vinte foi a transição para bainhas mais curtas. Pela primeira vez na história, as mulheres podiam mostrar seus tornozelos em público, até em vestimenta formal. As bainhas dos vestidos de noiva subiram também. Melindrosas podiam usar vestidos na altura dos joelhos para festas à noite e seus casamentos. Apesar de vestidos mais curtos serem uma opção para futuras noivas, a maioria das mulheres escolhia vestidos mais longos. Nos anos trinta, quase todas as mulheres escolhiam vestidos que iam até o chão.

Silhueta

A moda dos anos vinte adotava uma estética esportiva, vestidos sem manga viraram comuns, assim como partes de cima estilo top, que são mais estreitas no ombro do que os sem manga. As mulheres pressionaram mais ainda não somente mostrando os tornozelos, mas os ombros também. Vestidos de mangas longas continuaram comuns durante a década e até os anos trinta. Enquanto o estilo melindrosa dos anos vinte era esportivo, o estilo da década seguinte era glamouroso. As pessoas no século 21 referem-se àquela estética como "Old Hollywood" (Velha Hollywood). Os vestidos eram longos, justos e drapeados.

Decorações

Decorações nos vestidos durante essa época ficaram menores, mais finas e desenvolveram um perfil mais baixo. Elementos decorativos não estavam mais por todo o vestido, como na era vitoriana algumas décadas antes. Isso não quer dizer que os vestidos de noiva não tinham ornamentos. Vestidos com aplicações de contas viraram uma febre nos anos vinte. Não era incomum ver mulheres usando vestidos de seda encrustados com contas e strass de cima até embaixo. Vestidos dos anos trinta eram contidos, se não austeros. Esse desenvolvimento ocorreu em resposta a mudanças econômicas e culturais que se seguiram à grande depressão que começou em 1929.

Véu Julieta

Véus curtos eram raros, e muitas noivas elegiam véus com diversas camadas. O véu estilo Julieta estourou em popularidade durante ambas as décadas. O estilo consiste de um longo véu preso à cabeça com um acessório de cabelo que envolvia o crânio. Esse acessório podia ser uma faixa, uma pequena coroa ou de formato especial feito especificamente para os véus estilo Julieta.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível