Como fazer um modelo comestível das camadas da Terra

Escrito por anna roberts | Traduzido por márcia r.m.z.c.
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como fazer um modelo comestível das camadas da Terra
A crosta terrestre será o topo ou a parte exterior do seu medelo comestível (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

Um modelo das camadas do planeta Terra pode vir a ser um delicioso lanche, quando se usa comida como material para as camadas. Esse projeto pode ter tanto a forma de uma esfera, quanto você também pode colocar as camadas uma sobre a outras em um copo de plástico transparente, para que sejam vistas como uma secção transversal da estrutura interna do planeta. Invariavelmente, seu modelo deve conter o núcleo interno, o núcleo externo, o manto e a crosta.

Outras pessoas estão lendo

Núcleo interno

O núcleo interno da Terra consiste em uma esfera sólida, composta em sua maior parte por ferro e níquel. Alguns itens comestíveis podem servir para fazer o núcleo: gotas de chocolate, uma jujuba ou um doce duro como uma bala de canela ou de hortelã. Dependendo do formato que você optar, o seu núcleo interno ficará ou no centro de seu modelo esférico, ou no fundo do copo transparente contendo as camadas.

Núcleo externo

O manto é uma camada rígida que se move muito lentamente ao redor do núcleo externo. É a camada mais espessa dentre todas as outras. Sorvete, manteiga de amendoim ou marshmallow derretido batido com arroz tufado podem servir para essa fase do seu projeto. Insira a bala que representa o núcleo dentro de uma bola de sorvete, ou coloque o sorvete dentro do copo de plástico; não se esqueça que, no entanto, o manto é sólido e não fundido. Outra ideia para o manto é misturar manteiga de amendoim com açúcar e, pó para formar uma pasta dura e enrola-la ao redor do núcleo. Se alergias a amendoim forem uma preocupação, opte por bater o arroz com marshmallow derretido e molde-o na forma de uma esfera.

Manto

O manto é uma camada rígida que se move muito lentamente ao redor do núcleo externo. É a camada mais espessa. Sorvete, manteiga de amendoins ou marshmallow derretido com arroz tufado podem servir para a camada do manto de seu projeto. Insira a bala que representa o núcleo dentro de uma bola de sorvete, ou então coloque o sorvete dentro do copo de plástico, mas não se esqueça que o manto é sólido, não fundido. Outra ideia para o manto é misturar manteiga de amendoins com açúcar em pó para formar uma pasta dura e enrola-la ao redor do número. Se alergias a amendoins forem uma preocupação, opte por bater o arroz com marshmallow derretido e molda-lo em uma esfera.

Crosta

A crosta terrestre consiste na superfície rochosa do planeta, variando de 5 km a até 80 km de espessura em certos lugares. Para fazer uma crosta comestível, esmague bolachas ou cookies de chocolate, e role sobre eles o manto pegajoso de seu modelo fazendo assim sua crosta, ou então, polvilhe um fina camada de migalhas no topo do modelo no copo plástico. Outra opção saborosa é usar uma cobertura de calda de chocolate que endurecerá quando em contato com o sorvete gelado (ou o manto terrestre de seu modelo). Coloque seu planeta no freezer por 15 minutos e então retire-o e derrame a calda de chocolate sobre ele, deixando endurecer em seguida.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível