Mais
×

Modos de digestão dos invertebrados

Atualizado em 21 novembro, 2016

Um invertebrado é um animal que não possui a coluna vertebral, também chamada de espinha. Ouriços do mar, minhocas, águas-vivas, insetos, caramujos, lulas e moluscos são todos invertebrados. As várias espécies de invertebrados usam sistemas digestivos dos tipos tubular, de rede, por vacúolos ou sacular.

As águas vivas possuem sistema digestivo sacular (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

Tubular

Um dos tipos de sistemas digestivos encontrados nos invertebrados é o sistema tubular. Os invertebrados com esse tipo de sistema possuem um trato digestivo completo, com uma abertura em cada ponta do "tubo", uma sendo a boca e a outra o ânus. Esse sistema tem várias partes diferentes e cada uma é especializada em alguma função, como reabsorção de água ou digestão mecânica de alimentos. Um exemplo de invertebrado com sistema tubular é a minhoca.

Sistema de redes

Outro tipo de sistema digestivo encontrado nos invertebrados é o de rede. Os invertebrados com esse tipo de sistema possuem vários canais de água alinhados com estruturas flageladas que criam correntes de água com o movimento. Essa corrente de água que adentra o animal traz consigo pequenos pedaços de alimentos. Os flagelos capturam as partículas de alimentos e transportam para o vacúolo digestivo, deixando-as lá até que a digestão ocorra. Um exemplo de animal com esse sistema é a esponja do mar.

Sistema de vacúolo

O sistema de vacúolo é outro método que os invertebrados utilizam para digerir a comida. Com esse sistema, os invertebrados ingerem comidas por um vacúolo que contém enzimas que vão digerir o alimento. As partículas de alimento e as enzimas são misturadas no vacúolo, o material que for aproveitável é absorvido dentro do organismo e o que não é digerível é expelido posteriormente. Os invertebrados que possuem esse sistema são os protozoários, ou organismos unicelulares eucarióticos.

Sacular

Alguns invertebrados podem utilizar do sistema sacular de digestão. Eles possuem um corpo em forma de saco, composto por duas camadas de células, interna e externa e uma cavidade central. A camada externa funciona como protetora e sensorial, a interna, que está conectada a todas as partes do corpo por estruturas parecidas com ramos, absorve os nutrientes e abertura para a cavidade central funciona como boca e ânus ao mesmo tempo. Um exemplo de invertebrado com sistema sacular é a água-viva.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article