Uma molécula de metanol pode participar de pontes de hidrogênio?

Escrito por john brennan | Traduzido por diego sallas
Uma molécula de metanol pode participar de pontes de hidrogênio?
Ao contrário do álcool etílico presente no vinho, o metanol é altamente venenoso (Thinkstock/Comstock/Getty Images)

O metanol é um álcool e um primo próximo do etanol, o álcool presente no vinho e outras bebidas. Seu famoso parente tem dois carbonos, no entanto, o metanol tem apenas um, e também é muito mais venenoso. É um produto químico muito útil em laboratórios, onde serve tanto como um solvente quanto como um material de partida para várias sínteses. Ele deve suas propriedades desejáveis, ​​em grande parte, à sua capacidade de realizar pontes de hidrogênio.

Pontes de hidrogênio

No metanol, o átomo mais eletronegativo, ou o átomo de oxigênio com mais carência de elétrons, atrai a densidade de elétrons que estão ligados ao átomo de hidrogênio, que, desprovido de elétrons, fica com uma carga parcial positiva -- não uma carga total positiva, pois ele ainda mantém uma pequena densidade de elétrons. Já o átomo de oxigênio, pelo contrário, fica com uma carga parcial negativa e torna-se rico em elétrons. Graças às cargas parciais, o átomo de hidrogênio de uma molécula de metanol é atraído pelo átomo de oxigênio de uma outra molécula de metanol, interagindo e formando uma fraca ponte de hidrogênio.

Solubilidade

A água é um outro líquido que pode formar ligações de hidrogênio, e as semelhanças entre os dois assegura que o metanol é altamente solúvel em água. Como a água, o metanol também é razoavelmente bom em dissolver uma variedade de sais, embora suas qualidades a este respeito sejam inferiores às da água. Graças ao carbono e os seus átomos de hidrogênio, o metanol é ligeiramente menos polar do que a água, ou seja, a distribuição das cargas ao longo da molécula como um todo é um pouco menos irregular.

Estrutura

As moléculas no metanol puro admitem uma disposição tetraédrica cíclica, com quatro moléculas de metanol formando um anel, e cada molécula é ligada à molécula vizinha por uma ponte de hidrogênio. Entretanto, essa estrutura não é estática, pois as moléculas se movem. À temperatura ambiente, as moléculas de metanol têm energia suficiente para quebrar as pontes de hidrogênio e, posteriormente, reformular outras, de modo que o arranjo geral das moléculas do líquido está continuamente mudando.

Acidez

A acidez do metanol é mais ou menos a mesma que a da água. Os químicos muitas vezes falam sobre a acidez em termos de pKa, um número que mede a tendência de uma molécula de doar ou ceder um íon de hidrogênio. Os números mais baixos de pKa são mais ácidos. A água tem um pKa de 15,7, já o metanol tem um pKa de 15,5. A título de comparação, o ácido acético (vinagre) tem um pKa de 4,79, enquanto que o ácido nítrico tem um pKa de -1.4.

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível