Como monitorar a força contra-eletromotriz induzida

Escrito por ryan menezes | Traduzido por marcos a. guedes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como monitorar a força contra-eletromotriz induzida
Graças à força contra-eletromotriz induzida, todos os geradores são motores (Hemera Technologies/PhotoObjects.net/Getty Images)

De acordo com a Lei de Lenz, uma força eletromotriz induzida produz uma corrente cujo campo magnético opõe-se à força original. Consequentemente, quando uma tensão induz determinada corrente em uma bobina, esse indutor produz sua própria tensão, contrária à força eletromotriz induzida. Tal tensão é conhecida como força contra-eletromotriz induzida. Uma forma de monitorá-la é analisando a corrente através da bobina. A taxa de corrente de variação e a indutância da bobina estão relacionadas à força contra-eletromotriz induzida.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Osciloscópio

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Conecte o osciloscópio à bobina de indução.

  2. 2

    Feche o circuito. Observe a tela do osciloscópio, analisando o tempo necessário para que a corrente alcance 63% do seu valor pico. Por exemplo, supondo que leve 2 segundos, esse valor será a constante de tempo do circuito.

  3. 3

    Multiplique a constante de tempo pela resistência da bobina. Por exemplo, se a bobina possui uma resistência de 1.000 ohms, multiplique 2 por 1.000, o que significa uma indutância de 2.000 henries.

  4. 4

    Divida a variação de corrente na bobina pelo tempo de carga. Por exemplo, se a corrente variar em 0,5 A durante 1 segundo, divida 0,5 por 1, resultando em 0,5 A/s.

  5. 5

    Multiplique essa taxa de variação pela bobina de indução (0,5 x 2.000 = 1.000). Portanto, a força contra-eletromotriz induzida da bobina é 1.000 V.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível