Mais
×

Como montar um terrário para dragões-barbudos

Os dragões-barbudos são répteis muito indicados para iniciantes devido a sua natureza dócil e temperamento amigável. Você pode manter mais de um desses répteis no mesmo viveiro, mas nunca abrigar dois machos juntos, pois eles vão lutar. Várias fêmeas vivem pacificamente umas com as outras. Prepare um terrário corretamente com uma fonte de luz ultravioleta, gradação calor e substrato adequado para, assim, deixar os seus répteis de estimação felizes e saudáveis, abrigados num ambiente estável e seguro.

Instruções

Os dragões-barbudos necessitam de um viveiro que tenha calor e luz ultravioleta (BananaStock/BananaStock/Getty Images)
  1. Escolha um terrário de tamanho adequado para pôr os seus dragões de estimação. Ele pode ser tanto de vidro como de madeira, sendo 120 cm o comprimento ideal para um ou dois dragões-barbudos adultos.

  2. Instale a lâmpada ultravioleta e o reator eletrônico T8. Prenda os clipes das duas lâmpadas no interior da tampa do terrário, à frente, com 60 cm de distância uma da outra, usando os parafusos fornecidos na embalagem. Coloque o interruptor na parte superior do terrário e alimente os cabos e os conectores de dentro através de uma das aberturas na parte de trás do terrário. Assegure-se de colocar um copo conector em cada extremidade da lâmpada UV, empurrando-a contra os grampos para prendê-la.

  3. Aperte um suporte para lâmpadas de cerâmica a um canto e insira a lâmpada holofote de 60 W para deixar uma das extremidades do viveiro mais quente do que a outra. Os dragões-barbudos requerem esse tipo de luz, além da UV, para espojarem-se. O calor extra ajuda a digerir os alimentos e regular a temperatura corporal do animal. A temperatura ideal sob o holofote é de 35 a 40°C.

  4. Instale um aquecedor de cerâmica ou piso térmico para servir como fonte de calor adicional e ligue-o a um controlador termostático. Um termostato evita o superaquecimento por interferir na fonte de calor e desligá-la quando for necessário para manter uma temperatura constante segura. A temperatura do ambiente de um viveiro para um dragão-barbudo deve ficar em torno de 26 a 29°C, baixando de 18 a 21°C durante a noite.

  5. Anexe um higrômetro próximo ao centro do viveiro e um termômetro em cada extremidade para medir a umidade e a graduação da temperatura. Os dragões-barbudos requerem uma atmosfera extremamente árida, desse modo precisam de um nível de umidade de cerca de 45%. Um substrato de areia de calcário, um tapete para réptil ou areia seca ajuda a manter o ar seco. Se necessário, pode-se aumentar a umidade, colocando uma pequena tigela com água em qualquer lugar no viveiro.

  6. Crie um ambiente natural para o seu réptil com paus secos, pedras para espojar e galhos. As plantas artificiais são higiênicas e ficam tão bonitas quanto as plantas vivas, no entanto, elas podem ser desinfectadas juntamente com as outras decorações quando o viveiro for limpado. Monitore a umidade e a temperatura ao longo de um ou dois dias, quando o ambiente parecer estável, introduza os seus dragões para sua casa nova.

O que você precisa

  • Terrário
  • Reator eletrônico T8
  • Lâmpada 10,0 UVA e UVB combinados 90 cm
  • Cerâmica de ajuste e proteção da luz
  • Lâmpada holofote 60 W
  • Controlador termostático
  • Termômetro digital com sonda
  • Higrômetro
  • Substrato
  • Pedaços de paus secos ou galhos finos
  • Plantas ornamentais
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article