Moral e etiqueta na escola

Escrito por tamiya king | Traduzido por pedro santos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Moral e etiqueta na escola
Saber se portar é fundamental na escola (Jupiterimages/Goodshoot/Getty Images)

Regras de etiqueta existem para quase todas as situações sociais, por isso, observar algumas dessas diretrizes quando estiver na escola com certeza é uma boa ideia. Regras morais e etiqueta social para professores, membros da equipe e alunos podem tornar a escola um lugar mais agradável para se aprender.

Outras pessoas estão lendo

Conversas em sala de aula

Quando um professor ou membro da equipe administrativa está falando, é de bom tom para os alunos e educadores presentes na sala fazerem contato visual com quem está falando. Isso demonstra respeito e atenção e ajuda os ouvintes a focar na informação que o professor está transmitindo. Também é da etiqueta correta que os membros da equipe administrativa façam contato visual com os alunos quando eles demonstrarem que têm perguntas ou alguma preocupação a ser abordada. Isso é especialmente importante para alunos jovens porque dá a eles um exemplo de como se comportar na sala de aula quando se matriculam.

Fazendo perguntas

Quando um aluno tiver uma pergunta, é apropriado que ele ou ela sinalize isso para o professor levantando a mão. O aluno deve manter sua mão levantada até ser chamado pelo professor e não deve começar a falar antes que o professor se dirija a ele. É considerado rude que outro aluno comece a falar antes que o aluno que foi atendido tenha terminado sua pergunta. Em alguns casos, membros do corpo docente também devem seguir essas regras em reuniões de modo a manter a conversa organizada e dar a todos uma oportunidade de falar.

Padrões profissionais

De acordo com o Conselho Nacional de Credenciamento para Educação de professores, os professores têm diretrizes morais específicas às quais devem aderir para permanecer na profissão. Os educadores devem mostrar respeito pela profissão chegando ao trabalho regularmente e pontualmente. Eles devem estar adequadamente preparados para dar instruções que sejam adequadas à série dos alunos e suficientes para prepará-los para a próxima fase da vida acadêmica. Também se espera que os professores completem todo o treinamento necessário, incluindo receber os graus necessários de faculdades e universidades credenciadas, bem como certificações adicionais que são necessárias para matérias acadêmicas específicas.

Espírtio esportivo

Os alunos devem aprender o mais cedo possível a serem agradáveis e cuidadosos ao interagir uns com os outros. Quando um aluno for excepcionalmente bem em uma determinada atividade atlética ou matéria acadêmica, não é educado se gabar por sua conquista para os outros alunos. Considerando-se que os estudantes trabalham muito próximos uns dos outros durante o período escolar, alardear as próprias habilidades pode causar sentimentos de inadequação e desdém entre os alunos, o que pode levar à prática do bullying.

Trabalhando com os pais

É apropriado para os professores consultar os pais com frequência para assegurar que os alunos estejam acompanhando o ritmo acadêmico. Os educadores têm a obrigação moral de informar aos pais quando os alunos não estão tendo resultados à altura dos padrões para aquela série. Para alunos de faculdade ou outros de nível superior, o envolvimento dos pais não costuma ser uma das preocupações principais. Nesses casos, cabe ao aluno e ao instrutor se comunicarem quando houver um problema com a retenção de informação do curso para criar um ambiente de aprendizado mais adequado e eficiente.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível