O que é mRNA, rRNA e tRNA?

Escrito por robert mullis | Traduzido por vivian rocha
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que é mRNA, rRNA e tRNA?
O RNA é uma associação de nucleotídeos, assim como o DNA (Comstock/Comstock/Getty Images)

O RNA é um componente crítico de cada célula viva no universo. Sem ele, a vida como a conhecemos não poderia existir. Existem três tipos, cada um com uma única função. O mRNA é utilizado para produzir proteínas a partir de genes. O rRNA, junto com outras proteínas, forma os ribossomos, que traduz os mRNA. O tRNA é a ligação entre os outros dois tipos de RNA.

Outras pessoas estão lendo

Características do RNA

RNA, ou ácido ribonucleico, é um polímero linear de adenina, timina, citosina e uracila, que é criado na célula através de um processo chamado transcrição, e que difere do DNA de várias maneiras. Em primeiro lugar, os açúcares da ribose em nucleótidos de DNA são pequenos grupos de hidroxila em relação ao RNA, daí o nome de ácido desoxirribonucleico. Esta modificação principal torna o RNA muito mais reativo. Segundo, o DNA combina timina com a citosina, enquanto o RNA utiliza a uracila. Terceiro, o DNA tende a formar uma hélice de nucleótidos de cadeia dupla, com pares de bases que compõem os "degraus" dessa escada helicoidal. Já o RNA pode ser encontrado na forma de cadeia simples, apesar de mais comumente formar estruturas tridimensionais complexas, característica a qual serve para conferir funcionalidade à essas moléculas.

Síntese de RNA

A transcrição de RNA é um processo mediado pela RNA polimerase, uma enzima que cria um complemento de RNA para moldar o DNA com a ajuda de um complexo de proteínas. A transcrição é fortemente regulada por elementos promotores e inibidores. Todos os três tipos de RNA são sintetizados desta maneira.

mRNA

O mRNA, ou RNA mensageiro, é a ligação entre um gene e uma proteína. O gene é transcrito pela RNA-polimerase, e o mRNA resultante viaja para o citoplasma, onde é traduzido pelos ribossomos formando uma proteína, com a ajuda do tRNA. Esta forma de RNA é amplamente alterada depois da transcrição, com modificações como cápsulas de metilguanina e caudas de poliadenosina. O mRNA eucariótico frequentemente possui íntrons, que devem ser unidos para formar a molécula de mRNA na forma final.

rRNA

O rRNA, ou RNA ribossomal, é um componente importante dos ribossomos. Após a transcrição, estas moléculas de RNA viajarão para o citoplasma e se juntarão a outros rRNAs e várias proteínas para formar um ribossomo. Ele tem funções estruturais e funcionais. Muitas reações no processo de translação são catalisadas por porções principais de determinados rRNAs no ribossomo.

tRNA

O tRNA, ou RNA transportador, é o "decodificador" da mensagem do mRNA durante a tradução de proteínas. Após a transcrição, ele é modificado para incluir bases incomuns como pseudouridina, inosina, e metilguanina. Sozinhos, os ribossomos não podem formar uma proteína quando entram em contacto com o mRNA. O anticódon, uma seqüência de três bases fundamentais no tRNA, se combinam com as três bases na mensagem do mRNA, que é chamada de códon. Esta é a primeira função dessa molécula, uma vez que todas também trazem consigo um aminoácido que corresponde ao códon do mRNA. A capacidade dos ribossomos de polimerizar os aminoácidos se ligam ao tRNA para formar uma proteína funcional.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível