Muco em diarreia de canina

Escrito por j. lang wood | Traduzido por ikaro mendes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Muco em diarreia de canina
Muco nas fezes pode ser um sinal de doença grave (german shepherd dog image by Lisa Batty from Fotolia.com)

Os cães podem obter diarreia muito facilmente a partir de uma série de causas diferentes, desde parasitas internos até por comer algo do lixo. A gravidade da diarreia indicará se você deve consultar um veterinário. Num caso leve, a diarreia pode significar apenas um rotineiro problema de estômago, mas a diarreia contínua ou cheia de muco, fezes pretas, verdes ou com sangue pode significar um problema sério que necessita de tratamento imediato.

Outras pessoas estão lendo

Muco na diarreia

O muco nas fezes do seu cão geralmente significa uma perturbação grave de algum tipo no revestimento mucoso do intestino, que está sendo eliminado e deve ser tratado pelo seu veterinário o mais rápido possível. Trazer uma amostra de fezes do cão em um saco plástico ou recipiente pequeno vai ajudar o veterinário a determinar exatamente o que está causando o problema.

Causas de muco nas fezes

Quando o muco aparece nas fezes de um cão, isso normalmente significa que o problema está localizado na parte inferior do intestino, que fica inflamada e desconfortável. Isso pode ser por causa de parasitas internos, como ancilostomídeos, lombrigas, tricurídeos ou protozoários, como coccídio ou giardia. Comer alimentos que são contaminados com E. coli, Salmonela ou campilobactéria pode causar vômitos e diarreia com muco. Infecções virais graves, como a causada pelo parvovírus, podem atacar o revestimento dos intestinos, causando diarreia grave com muco que pode ser fatal em cães jovens. Eles devem ser vacinados ainda filhotes, como recomenda o veterinário.

Síndrome do intestino irritável

O estresse também pode causar surtos de diarreia grave e com muco. Essa condição é conhecida como síndrome do intestino irritável e pode ser tratada com medicação e mudanças na dieta.

Tratamento de diarréia

Casos leves de diarreia podem ser tratados através da retenção de alimentos durante 24 horas para permitir que os intestinos possam descansar e recuperar-se. Subsalicilato de bismuto, no valor de 0,5 a 1 ml a cada 450 g pode ser dado para tornar as fezes mais firmes. Loperamida em 1 mL para cada 450 g de peso também pode ser dada. Isso, é claro, não vai curar infecções subjacentes ou outros problemas de saúde, por isso, se os sintomas persistirem, consulte o veterinário. O veterinário prescreverá metronidazol, sulfonamida ou quaisquer tratamentos necessários para matar os parasitas.

Prevenindo a diarreia

Você pode ajudar a manter os surtos de diarreia grave com muco ou sangue longe do seu cachorro tomando algumas providências simples. Não mude a comida do seu cão rapidamente. Se uma mudança de comida é necessária, faça-a ao longo de um período de tempo, adicionando mais do novo alimento e reduzindo o alimento antigo para permitir que o trato digestivo do seu animal se acostume. Verifique se o seu cão está em dia com todas as vacinas. Mantenha os lixos tampados, especialmente aqueles que contêm restos de alimentos. Mantenha seu cão longe de alimentos que chamem a atenção dele durante o passeio. Certifique-se de que os alimentos enlatados que foram abertos foram jogados fora depois de passar alguns dias na sua geladeira. Se o seu cão está sendo medicado, pergunte se há efeitos colaterais, como dor de estômago.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível