Mais
×

Mulheres grávidas podem beber cidra de maçã?

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

Durante a gravidez, você deve excluir diversos tipos de alimentos de sua dieta para evitar sofrer de doenças relacionadas à alimentação. A cidra de maçã quente pode ser sua bebida favorita em um dia frio. O fato de estar grávida não faz com que você tenha de abrir mão da bebida que mais gosta. Você pode continuar a beber cidra de maçã durante o período, porém ela deve ser pasteurizada e armazenada nas temperaturas apropriadas em sua casa.

Você pode beber cidra de maçã pasteurizada durante a gravidez, desde que tome algumas precauções (Valua Vitaly/iStock/Getty Images)

Intoxicação alimentar

A preocupação referente à ingestão de cidra de maçã durante a gravidez é decorrente de sua propensão a causar doenças alimentares. A cidra de maça não pasteurizada pode estar contaminada com Escherichia coli, ou E. coli, se não foi manuseada de forma apropriada durante a fabricação. Náusea, diarreia incontrolável, cólicas abdominais ou febre podem ser sinais de intoxicação alimentar. Se apresentar um desses sintomas, notifique seu médico imediatamente para evitar complicações. Garantir que sua cidra de maçã seja pasteurizada ajuda a evitar problemas de saúde relacionados às doenças alimentares.

Pasteurização

Alguns tipos de bactérias nocivas são destruídas facilmente pelas altas temperaturas. Além do E. coli, a cidra de maçã pode estar contaminada com salmonela e ambas se desintegram com o calor extremo. Durante a pasteurização, a cidra de maçã alcança a temperatura de 71,1 graus Celsius, de acordo com a University of Georgia (Universidade da Geórgia). Se estiver fazendo a bebida em casa, você pode pasteurizá-la no fogão, porém não passe dos 85 graus Celsius. Se ferver a cidra em temperaturas mais altas pode-se criar um sabor desagradável.

Informações de armazenamento

Apesar de sua cidra de maçã ser pasteurizada, mantê-la nas temperaturas erradas por um longo período aumenta o risco de crescimento bacteriano. Evite a contaminação armazenando a bebida em temperaturas refrigeradas abaixo de 4,4 graus Celsius. Se quiser mantê-la quente, no fogão, garanta que sua temperatura fique acima de 60 graus Celsius para que continue segura para ser ingerida durante a gravidez.

Tratamento de intoxicação alimentar

A ingestão de cidra de maçã contaminada pode causar desconforto gastrointestinal. Bactérias estranhas são perigosas enquanto se está grávida, pois elas podem não só prejudicá-la, mas também prejudicar o feto. Se estiver com vômito ou diarreia, é importante repor os fluidos perdidos. Especificamente, você precisa ingerir eletrólitos, como sódio, potássio e cálcio, que ajudam a manter os fluidos em seu corpo. Beber um isotônico é a maneira mais comum de recuperar os eletrólitos durante a doença. Nos casos mais severos pode ser preciso ir até o hospital para tomar medicação intravenosa. Tratar a infecção rapidamente com antibióticos pode evitar que os micro-organismos prejudiciais contaminem o bebê. Avise ao seu médico se estiver com suspeita de intoxicação alimentar por cidra de maçã; isso pode ajudá-lo a diagnosticá-la de forma correta.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article