Multiplexação básica

Escrito por natasha gilani | Traduzido por lucas schiavo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Multiplexação básica
Multiplexação é o ato de dividir um cabo para que ele transmita vários sinais (cable image by Yuri Tuchkov from Fotolia.com)

A multiplexação é a técnica envolvida no envio de mais de um sinal através de um meio de comunicação. A extremidade de recepção aceita esse sinal complexo e o reconverte nos seus componentes individuais. A multiplexação é utilizada na transmissão de dados digitais e analógicos. Na transmissão digital, múltiplos sinais são multiplexados usando o TDM (multiplexação divisora de tempo), enquanto na transmissão analógica usa-se o FDM (multiplexação divisora de frequência) para combinar os sinais.

Outras pessoas estão lendo

Tipos

Os três principais tipos de multiplexação são multiplexação por divisão de frequência, por divisão de tempo e por divisão de densidade de comprimento de onda. A multiplexação por divisão de frequência foi inicialmente concebida para trabalhar com redes de telefone. Divide-se uma única banda em várias frequências diferentes, de modo que possa ser utilizada por vários utilizadores (um utilizador é atribuído a uma frequência). Cada frequência diferente transporta um sinal distinto ao mesmo tempo.

A multiplexação por divisão de tempo foi desenvolvida na década de 1950. Ela permite que múltiplos sinais viajem através do mesmo canal de transmissão, mas aloca diferentes intervalos de tempo para cada um. A multiplexação por divisão de densidade de comprimento de onda é uma versão da por divisão de frequência; a única diferença é que ela envia lasers coloridos para transmitir dados através da mesma largura de banda.

Escolhendo o tipo de multiplexação

O tipo de sistema de multiplexagem empregado depende de alguns fatores, incluindo a natureza do canal de comunicação, o volume de dados que será transmitido, o número total de utilizadores, a quantidade de largura de banda disponível e a viabilidade do canal de comunicação em termos de economia.

Vantagens

A multiplexação proporciona grandes vantagens de custo, uma vez que reduz a necessidade de fios adicionais e/ou canais de comunicação. Ela reduz o tempo e os recursos, eliminando as ligações dos fios, fiação e os custos de fabricação. É um método eficiente para empregar um único canal de alta largura de banda a fim de transmitir vários sinais de baixa largura de banda, separadamente.

Desvantagens

A multiplexação pode retardar o processo de comunicação, uma vez que a passagem de uma frequência para outra provoca atrasos. O custo inicial da criação de um bom sistema de multiplexação é caro. A multiplexação por divisão de tempo exige que todos os seus usuários estejam sincronizados e os horários destinados a eles pode não ser utilizado de forma eficiente. Outra grande desvantagem da multiplexação é o uso de uma fonte constante de corrente eléctrica.

Aplicações

A multiplexação é usada em telégrafos, telefones, processamento de vídeo, transmissão digital e transmissão analógica. Aplicações de multiplexação também são evidentes em dispositivos eletrônicos, veículos de luxo e aviões.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível