A natação pode causar o cotovelo de tenista (epicondilite lateral)?

Escrito por carolyn williams | Traduzido por dimitrios meimaridis
A natação pode causar o cotovelo de tenista (epicondilite lateral)?
Não deixe que o tempo na quadra o impeça de entrar na piscina (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

A doença conhecida como cotovelo de tenista é na verdade um termo impróprio. Embora essa doença seja associada ao tênis, ela não é algo exclusivo desse esporte.O movimento repetitivo pode causar a tendinite que é conhecida como cotovelo de tenista. A natação é uma das várias atividades que podem ocasionar essa condição. É importante aprender como lidar com esse problema doloroso e continuar na água, principalmente se você gosta de nadar.

Definição

O cotovelo de tenista é uma inflamação dos tendões que estão do lado de fora do cotovelo, e o seu nome formal é epicondilite lateral. Os tendões do antebraço são anexados ao osso superior do braço, o úmero. À medida que o músculo atrofia, ele forma um ponto de tensão na estrutura do braço, fazendo com que o cotovelo de tenista ocorra principalmente quando alguém usa os músculos do antebraço de forma agressiva e repetidamente.

Impacto da natação

A inserção repetida do braço e uso desses músculos para deslocar-se na água pode causar ou agravar o cotovelo de tenista. Nas modalidades da natação, principalmente o nado costas, esse tipo de tendinite costuma ocorrer com maior frequência. Deixar o cotovelo cair ao tocar na água inicialmente e forçar o braço para fora pode fazer com que o cotovelo de tenista ocorra durante esse tipo de nado.

Recuperação

A melhor coisa que pode ser feita para tratar essa condição é repouso, gelo, compressa e elevação. Ao combinar isso com anti-inflamatórios não hormonais, é possível recuperar-se de forma independente. Entretanto, talvez seja necessário sessões de fisioterapia ou até mesmo uma cirurgia, se a condição não melhorar depois de meses de tentativas. Além disso, trabalhe com um técnico de natação ou tênis para identificar eventuais falhas no seu curso de natação ou movimentos de rebatidas do tênis para minimizar o potencial de uma nova lesão.

Encontrando o motivo do problema

Caso não tenha sido diagnosticado anteriormente com a epicondilite lateral, procure um médico para avaliar se os sintomas presentes condizem com isso. A dor pode ser causada por um desgaste no nervo ou microfratura no braço. O médico pode solicitar um raio-X, eletromiografia ou ressonância magnética para avaliar o real motivo da dor no braço.

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível