Saúde

A nebulização é considerada uma oxigenoterapia?

Escrito por walt pickut | Traduzido por mariana munhoz
A nebulização é considerada uma oxigenoterapia?

Nebulizadores e oxigênio tratam dos pulmões e coração, mas de maneiras diferentes

Image by Flickr.com, courtesy of Dplanet::

A médica Rebecca Anwar, do The Sage Group, dos EUA, diz que "Educar o paciente é o ovo de ouro... [isso] mantém o paciente mais saudável". Portanto, saber a diferença entre um tratamento de nebulização e oxigenoterapia pode salvar a sua vida. Confundir um pelo outro pode levar à hospitalização -- ou pior.

Outras pessoas estão lendo

Nebulização

O tratamento de nebulização transforma a medicação líquida em uma névoa fina. Ao inalar essa névoa, através de uma máscara ou válvula respiratória, a medicação é carregada diretamente para os pulmões. Um pequeno compressor de ar, ou oxigênio pressurizado, criam a névoa. A nebulização está completa quando a medicação acaba, normalmente dentro de 10 a 20 minutos. A maioria dos pacientes usa o nebulizador de duas a quatro vezes por dia, mas raramente mais de uma vez a cada duas horas, para tratar problemas no pulmão. A asma é uma das condições que são normalmente tratadas com o nebulizador.

Oxigenoterapia

Seu cérebro, seu coração, e todo o resto do seu corpo, até os folículos capilares, precisam de oxigênio. Os pulmões trazem o ar para dentro, saturam o sangue de oxigênio, e o coração bombeia ele para o resto do corpo, que não é capaz de armazenar o próprio oxigênio. Se seus pulmões ou seu coração não estão funcionando bem, o médico pode lhe receitar oxigênio, geralmente através de uma cânula, um tubinho preso ao seu nariz, de 2 a 4 litros por minuto. O oxigênio é normalmente ministrado 24 horas por dia, ou durante o sono mas nunca de maneira descontínua, por alguns minutos, algumas vezes ao dia.

Sobreposição útil

Colocando oxigênio na nebulização é uma maneira conveniente de cobrir duas necessidades com um tratamento, para aqueles que precisam do oxigênio constantemente. Mas depois que a nebulização acaba você deve desconectar o oxigênio do nebulizador e reconectá-lo na sua cânula imediatamente. Tome cuidado, os nebulizadores precisam de um fluxo alto de oxigênio para fazer a névoa. Se você não diminuir o fluxo, poderá levar uma brisa direcionada ao nariz, e isso pode ser mais perigoso do que irritante.

Não pare de respirar

Image by Flickr.com, courtesy of Dplanet::

A respiração é mais do que um bom hábito. O desejo pelo oxigênio e o acúmulo de dióxido de carbono produzidos pelo metabolismo estimulam e regulam a sua respiração. Se sua doença pulmonar é crônica e de longa duração (como o enfisema), você pode se acostumar aos níveis altos de dióxido de carbono em seu sangue, e você não terá mais o estímulo para a respiração. Isso deixa somente a necessidade de oxigênio como a motivação principal. Consumir muito oxigênio pode colocar esse estímulo, e você, para dormir, e os resultados podem ser terríveis.

Melhores resultados

Saber os motivos para cada tratamento e medicação que você usa faz de você o melhor parceiro para seu médico. A nebulização e a oxigenoterapia não são a mesma coisa e não podem substituir uma a outra. Trabalhando lado a lado para combater todos os desafios encontrados por pacientes com doenças pulmonares e cardíacas, fará você tirar o maior proveito do seu dia a dia.

Não deixe de ver

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media