Como saber se é necessária cirurgia de unha do pé encravada

Escrito por chantel alise | Traduzido por marcos gomes
Como saber se é necessária cirurgia de unha do pé encravada

As unhas encravadas podem ser curadas em tratamentos específicos

BananaStock/BananaStock/Getty Images

Muitas pessoas sofrem de dor e frustração com unhas dos pés encravadas. Infelizmente, alguns casos são muito piores do que outros, e não podem ser limpos de modo fácil. Mesmo esses casos não sendo comuns, eles precisam de cirurgia para se remover uma parte ou então toda a unha. Mas como saber se a cirurgia deve ser necessária para este caso? Seguindo os passos destacados, você poderá saber se a cirurgia é necessária para uma unha encravada.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Um espelho de aumento com luz ou espelho com luz e uma lupa
  • Recipiente para banho de pés
  • Água quente
  • Toalha
  • Cotonetes
  • Álcool 70 ou água oxigenada
  • Lixa de unhas
  • Gaze
  • Antisséptico
  • Antibiótico líquido ou creme

Lista completaMinimizar

Instruções

    Como saber se é necessária cirurgia para uma unha do pé encravada

  1. 1

    Usando um espelho de aumento bem iluminado ou um espelho com luz e uma lupa, examine o dedo. Veja se a unha está curvada de modo irregular ou incomum. Esta informação pode indicar a causa da unha encravada; preste atenção se ela estiver vermelha ou ardendo ao toque, já que estes sintomas poderiam indicar que a pele e o tecido ao redor da unha podem estar inflamados. Observe se o dedo estiver inchado, o que pode indicar uma possível infecção, e finalmente, tente localizar precisamente onde a unha pode estar encravada. Essa informação pode ser útil no caso de uma visita a um médio e também dá uma orientação em relação à seriedade do problema e se existe ainda o perigo de infecção.

  2. 2

    Determine o nível de dor no dedo assim como da área ao redor da unha. Faça uma escala que vai de um (moderado) até 10 (dor insuportável). Esta escala do nível de dor será fundamental quando você for visitar o médico.

  3. 3

    Tente achar o motivo causador das unhas encravadas. As causas mais comuns são usar sapatos ou meias que são impróprios ou muito desconfortáveis, cuidados inadequados ou cortes errados, ou então machucar o dedo apertando-o ou cortando as unhas muito rentes. Estes são fatores que o médico levará em consideração quando decidir se a cirurgia será necessária. Por exemplo, você pode facilmente fazer correções em relação aos sapatos que usa, escolhendo um de melhor qualidade e confortável. Entretanto, se seu trabalho envolve riscos para seus dedos de maneira que eles possam sofrer danos adicionais no futuro, isso seria um fator além de seu controle.

  4. 4

    Se a causa provável da unha do pé encravada for uma situação reversível, faça estas mudanças para ver se ajudam a melhorar a situação descrita.

  5. 5

    Experimente o tratamento padrão. Molhe o dedo em água quente e limpa, enxugando cuidadosamente com a toalha. Usando álcool 70 ou água oxigenada e cotonetes, limpe cuidadosamente a área encravada. Com a lixa de unha, separe cuidadosamente a unha da área inflamada. Se possível, coloque um pequeno pedaço de gaze embebido em antisséptico entre a unha e a pele. Se não for possível, use um cotonete para colocar o antibiótico líquido ou creme na área.

  6. 6

    Continue o tratamento descrito no item 5 por um período entre 10 e 14 dias para saber se ele ajudará a unha crescer fora da pele. Se o tratamento der certo, então continue o procedimento até que o dedo fique melhor. Caso contrário, marque uma consulta com o médico.

  7. 7

    Quando você for ao médico, vá com o máximo de informações que puder, levando uma lista de seus sintomas assim como qualquer causa possível para o problema, além dos tratamentos feitos em casa que você tentou. Certifique-se também de preparar uma lista com as dúvidas que você tenha para que sejam respondidas durante sua visita.

  8. 8

    Faça todos os tratamentos adicionais que seu médico prescrever, o que pode incluir uso de antibióticos caso ele note que o dedo está infectado. Siga as instruções dadas, para que as determinações possam ser feitas se mais ações drásticas forem solicitadas.

  9. 9

    Atente para os apontamentos seguintes e prossiga com os tratamentos até o médico determinar que não estão funcionando. Nessa altura, ele provavelmente recomendará a cirurgia, e essa possibilidade ocorre quando o dedo está infectado ou fica infectado durante outros tratamentos. No caso de infecção crônica, a cirurgia talvez seja o único recurso viável.

Dicas & Advertências

  • Unhas curvadas de modo incomum podem ser sintoma de um problema crônico que pode causar mais unhas encravadas.
  • Certifique-se de limpar completamente e cuidar adequadamente dos pés, aplicando antisséptico ou antibiótico líquido ou em pomada ao primeiro sinal de qualquer tipo de infeção nas unhas.
  • Tome cuidado na proteção dos dedos nos esportes e em seu trabalho, usando botas ou sapatos confortáveis.
  • Não use meias ásperas, nem sapatos com bicos muito finos, que apertem os dedos ou muito pequenos. Também não corte as unhas muito curtas nem tente arrendondá-las nas pontas, já que isso torna muito mais fácil para que elas fiquem encravadas.

Não deixe de ver

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2015 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media