Os negócios varejistas mais rentáveis

Escrito por david ingram Google | Traduzido por ellen zanelato
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Os negócios varejistas mais rentáveis
Pesquisar a rentabilidade de diferentes segmentos varejistas pode proporcioná-lo sucesso nos negócios (New construction of retail space image by steven Husk from Fotolia.com)

Negócios varejistas compram produtos em larga escala a preço de atacado e depois os revendem diretamente para os consumidores em estabelecimentos especializados. Lojas do varejo podem lidar com muitos tipos de produtos e diferentes segmentos do varejo têm margens de lucro também diferentes. Entender a rentabilidade dos diferentes negócios do varejo pode ajudá-lo a decidir em qual segmento irá investir.

Outras pessoas estão lendo

Vendas pela internet

As vendas on-line podem ser muito lucrativas, já que possuem uma redução drástica nas despesas de trabalho e gerais. Elas cortam significantemente os custos por não necessitar da construção e manutenção de uma loja física. Mesmo que nessa equação ainda haja e necessidade de manter um estoque e que sejam geradas dificuldades quantos às entregas, as vendas on-line podem gerar margens de lucro maiores do que as suas adversárias de alvenaria.

O varejo não físico, como as vendas pela internet, gera uma margem de lucro de 23,49%, tornando-se o segmento varejista mais rentável.

Saúde e cuidados pessoais

O segmento da saúde e cuidados pessoais tem uma das maiores margens de faturamento do varejo tradicional. Essas lojas vendem uma grande variedade de cosméticos, incluindo maquiagem e produtos de higiene pessoal, assim como produtos farmacêuticos e remédios que não precisam de prescrição. As lojas populares de saúde e cuidados pessoais, como grandes drogarias, oferecem revelação de fotografias, vendem alguns produtos alimentícios e possuem um estoque de artigos domésticos variados em adição ao foco principal de saúde e cuidados pessoais.

Os artigos de saúde e cuidados pessoais são geralmente acompanhados de algum retorno, para promover as marcas, independentemente dos custos diretos. Inclua produtos farmacêuticos e componentes de revelações de fotos com custos diretos bem baixos e você terá a receita para o lucro alto. As lojas de saúde e cuidados pessoais geram uma margem de lucro de 14,82%, colocando-as na segunda posição das mais rentáveis.

Mobília

Os revendedores de mobília, gerando uma margem de lucro de 13,88%, são o terceiro segmento mais rentável entre o varejo. Geralmente empresas individuais locais e lojas de móveis podem ser franquiadas ou partes de grandes cadeias corporativas. Essas lojas vendem artigos como camas, sofás, abajures e mesas, com uma variedade de combinações de qualidade e preço para atender a uma gama de consumidores. Lojas de mobília têm a vantagem de vender apenas itens não perecíveis que dificilmente podem ser perdidos ou roubados. O segmento de mobília, assim como os produtos de higiene pessoal, podem ser precificados bem acima dos seus custos para efeitos de marca. Há muitos consumidores que estão mais que dispostos a pagar preços maiores por mobílias de "alta qualidade".

Varejistas de roupas

Os varejistas de roupas diversificam-se bastante em termos de lucratividade. De um lado, roupas sofisticadas podem ser vendidas a preços exorbitantemente maiores se comparados aos custos de material e produção. Do outro lado, a competição intensa entre as indústrias de moda força muitos varejistas a manter os preços baixos o bastante para que se igualem ou batam os dos concorrentes próximos.

O varejo de roupas está na quarta colocação entre os negócios mencionados neste artigo, mas, com uma margem de lucro de 13,27%, o varejo de modas ainda oferece bons lucros para o setor.

Artigos esportivos

Os artigos esportivos vêm por último na discussão sobre o negócio mais rentável, porém isso não é tão ruim. As lojas de artigos esportivos vendem uma grande variedade de fitness e equipamentos relacionados a esportes, roupas e acessórios. Itens comumente encontrados em lojas de artigos esportivos são bolas e equipamentos de futebol, bolas de beisebol, equipamento de boxe, equipamento de levantamento de peso e tênis de corrida.

As lojas de artigos esportivos geram uma margem de lucro de 11,92%.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível