Mais
×

O que é networking e como construir o seu

Getty Images

Introdução

Hoje em dia, para conseguir um trabalho é necessário muito mais do que uma boa formação acadêmica e experiência profissional. O mercado está domado por pessoas qualificadas que estão procurando pela mesma vaga. Muitas vezes, o diferencial está no networking, que é o contato que se cria entre elas, seja na mesma ou em diferentes áreas de trabalho. Por isso, é preciso fazer uso de suas conexões para se inserir no mercado. Vejamos algumas dicas de como você pode construir uma ampla rede de contatos.

Thinkstock/Comstock/Getty Images

Professores

A faculdade é um dos melhores lugares para começar com sua networking e aprender a desenvolver seus contatos. Os professores darão uma ajuda e tanto para quem quer começar a trabalhar. Muitas vezes, porque eles estão empregando ou conhecem quem esteja procurando por profissionais. Para aproveitar essa oportunidade eminente, não se limite ao período de aula. Adquira o costume de ficar após o horário para trocar informações e fazer contatos. Mostre interesse, peça dicas e esteja presente. Só assim será lembrado.

Creatas Images/Creatas/Getty Images

Colegas de classe

Educação e gentileza podem abrir muitas portas. Converse com todas as pessoas, perguntando sobre seu trabalho e suas atividades. Não é preciso se tornar o melhor amigo de todos, mas, se mantiver um bom relacionamento, será sempre lembrado. Sua imagem é tudo e, se pensar que seus colegas de classe poderão ser seus colegas de trabalho ou mesmo futuros chefes, vale a pena investir. Mostre-se uma pessoa proativa, engajada e empreendedora. Em questão de tempo, as oportunidades aparecerão.

Ryan McVay/Photodisc/Getty Images

Cursos extras

Quando se interessar por estudar matérias ou carreiras complementares à sua, conhecerá pessoas de diferentes ramos. Elas também serão de suma importância para a criação e expansão do seu networking, pois ampliam seus conhecimentos e proporcionam uma perspectiva de trabalho e de experiências distintas. No entanto, se você quer focar mesmo na sua carreira, é interessante não perder o seu objetivo. Profissionais dispostos a ajudá-lo podem aparecer por todos os lados, basta estar atento a eles.

BananaStock/BananaStock/Getty Images

Amigos

Criamos laços de amizade em todas as partes. Se seus colegas de classe fazem parte da sua rede de contatos, por que não são seus amigos? Talvez, eles sejam as pessoas que mais querem o seu bem e também se preocupam com seu futuro. Além disso, podem ser de grande ajuda no aspecto profissional. Mas é bom sempre lembrá-los sobre o que anda procurando ou sobre seus projetos. Eles não têm bola de cristal para adivinhar o que você anda fazendo.

Jupiterimages/Comstock/Getty Images

Familiares

Normalmente, buscamos por conselhos profissionais com os companheiros de trabalho, mas esquecemos de conversar com pessoas tão importantes e próximas, como seus familiares. Pode ser um primo, um tio, irmãos, seus pais ou até seus filhos. Conversar com eles regularmente e saber o que fazem da vida é um ponto adicional para sua rede. Aprenda um pouco da experiência deles e conte as suas. A base do networking é a troca de informação e a confiança que se cria entre as pessoas que participam dele. Não deixe escapar algo tão próximo a você.

Digital Vision./Digital Vision/Getty Images

Colegas de trabalho

Sabe aquele emprego que você teve que aceitar porque não aparecia outra oportunidade? Então, não pense que, só porque você trabalhou em um local totalmente diferente de onde quer trabalhar, os colegas não servirão no seu networking. Todo mundo conhece todo mundo. Porte-se bem, converse com todos, seja simpático e investigue parcerias. Pratique seu marketing pessoal e ganhe a confiança das pessoas. Fale sobre seus desejos e vontades: seja profissional e peça feedback. Quando sair desse trabalho que não gosta, seus colegas poderão ser a peça fundamental para o seu sucesso em um próximo emprego.

Stockbyte/Stockbyte/Getty Images

Eventos

Sempre que puder, participe de conferências, palestras, workshops ou congressos. Além de aprender bastante nesses eventos, você conhecerá muitas pessoas que nunca imaginou conhecer, de diversas partes do País e do mundo. Essa é sua oportunidade de fazer novas amizades e aumentar sensivelmente sua rede de contatos. Tenha sempre um cartão pessoal à mão. Entregue às pessoas e peça o delas. Mais uma vez o interesse é fundamental. Troque ideias sobre projetos diferentes e aproveite para marcar alguma coisa no futuro. Dessa maneira, manterá o contato com seus novos contatos e fará sua rede funcionar.

Justin Sullivan/Getty Images News/Getty Images

Facebook

Embora a grande maioria das pessoas pense que as redes sociais servem somente para passar o tempo, isso não é verdade. Muitas ofertas de emprego hoje são conseguidas através de grandes sites desse tipo. Aliás, eles já são por si só uma grande rede de contatos, laborais ou não. O interessante aqui é tirar proveito dessas ferramentas e saber "se vender" e expor suas qualidades. Por exemplo, no Facebook tome cuidado com suas fotos e comentários.

John Sciulli/Getty Images Entertainment/Getty Images

Twitter

O Twitter é uma rede social um pouco diferente do Facebook, mas ela aproxima muito mais as pessoas. Você pode falar diretamente com quem não conhece pessoalmente, ao contrário da rede de Zuckerberg. É possível estar em contato direto com as pessoas do seu interesse e enviar mensagens. A grande ideia aqui é seguir as principais empresas e pessoas que estão envolvidas com o trabalho que deseja ter. Sempre que puder faça um comentário oportuno e devido, assim poderá conseguir não só um seguidor, mas alguém de muita influência.

Stephen Lam/Getty Images News/Getty Images

LinkedIn

O LinkedIn, rede social criada para quem está buscando trabalho, é uma das mais importantes no momento de expandir sua rede. Lá, você coloca o seu currículo, fala sobre suas habilidades, conhecimentos, experiências, além de receber resenhas de pessoas que já trabalharam com você e de seus amigos. É mais uma forma de "se vender" virtualmente e não só criar, mas manter seu networking. É importante que as pessoas saibam que elas fazem parte da sua rede, e não integram somente um banco de dados. Trate todos com cordialidade, dedique tempo ao seu network e o resto acontecerá naturalmente. Boa sorte!