Níveis aceitáveis de pH em tanques de bagres

Escrito por tom king | Traduzido por giovana moretti
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Níveis aceitáveis de pH em tanques de bagres
Os bagre toleram uma ampla variedade de níveis de pH, desde que tais níveis sejam estáveis (catfish image by pearlguy from Fotolia.com)

Os bagres podem ser encontrados em quase todos os rios, mares, lagoas, lagos ou charcos no planeta onde existam peixes, incluindo aquários e tanques. Essas extensões de água variam nos níveis de pH de acordo com o terreno circundante. O oceano, ou água salgada, tende a ser mais alcalino a um nível de 8,0 ou mais, enquanto os peixes de água doce prosperam em níveis de pH entre 5,5 e 7,5 — 7,0 é o nível neutro; nem alcalino, nem ácido. Onde outros peixes conseguem viver, pode apostar que alguma variante do bagre também consegue.

Outras pessoas estão lendo

pH normal

Não há nada como um nível normal de pH para um bagre ou qualquer outro peixe. Como os rios se movem, a chuva cai, os humanos poluem e a mãe natureza despeja muitas coisas na água onde os peixes vivem, os níveis de pH são sujeitos a mudanças. Mesmo em pequenos tanques controlados de peixes, o pH pode ser afetado por tudo, desde a comida até a adição de um novo tipo de peixe. Mesmo ao longo do dia, o pH tende a cair à noite e subir durante o dia. O truque é descobrir qual nível de pH deixa seu bagre confortável e desenvolver uma rotina que mantenha o tanque neste nível.

Adaptabilidade do pH

Como os bagres são alimentadores oportunistas, eles se mudam de um lugar para o outro para encontrar comida. Eles costumam se mover entre os detritos do fundo da extensão de água onde vivem para se alimentar de restos. Essa fonte de alimento costuma contribuir para a alteração da acidez ou alcalinidade da água circundante. Os bagres, assim, tendem a ser mais tolerantes a mudanças de pH que outros peixes. Na verdade, um tanque cheio destes peixes no fundo pode ser mais difícl de manter num pH constante devido aos hábitos alimentares deles.

Preferência por pH

Os bagres de água doce parecem viver melhor em níveis de pH entre 5,0 e 7,0, ou seja, levemente ácido. Como os oceanos têm pH em torno de 8,0, um pouco mais alcalino que a água doce, os bagres de água salgada se adaptaram e conseguem viver em águas mais alcalinas. No ambiente de um tanque, o segredo é evitar que o pH sofra mudanças repentinas ou drásticas. Se há outros peixes junto com os bagres, qualquer coisa que você faça para mantê-los saudáveis provavelmente vai ajudar a manter os bagres saudáveis também. Mudanças repentinas no pH são a causa mais comum de mortes de peixes em aquários e tanques.

Testando o pH

O pH do seu aquário deve ser testado a cada duas semanas. Escreva o pH em um caderno de anotações para que você possa identificar quaisquer mudanças ao longo do tempo e monitorar a eficácia da sua rotina de manutenção.

Monitorando o pH

Se seu bagre estiver vivendo bem e você achar que o pH está baixo ou alto, resista à vontade de alterá-lo. Se o peixe está bem, então ele já se adaptou ao pH em seu nível natural. Se ele demonstrar quaisquer sinais de aflição, peixes morrerem ou o pH estiver mudando constantemente, você terá que corrigir o problema. É melhor adicionar substâncias químicas que equilibrem o pH de acordo com as instruções do fabricante. Se precisar fazer uma mudança significante no pH, faça lentamente para evitar choques nos peixes por conta de uma mudança muito rápida.

Mantendo o pH

Mudanças parciais da água e aspiração do fundo do tanque são duas coisas que ajudam a manter um equilíbrio estável de pH. Use água de torneira sem cloro para trocar a água, pois ela tende a ser mais estável e menos suscetível a mudanças de pH que as águas especiais e caras para aquários. Um pH de 7 é neutro e a maioria dos bagres vivem bem neste nível. Com o passar do tempo, o pH tenderá a cair e se tornar mais ácido conforme os resíduos se acumulam no tanque. A aspiração e as mudanças parciais de água vão ajudar a corrigir isso, mas você pode precisar adicionar algumas substâncias químicas alcalinas para corrigir o pH. Se você monitorar e testar os níveis, logo aprenderá o ritmo do seu tanque e será capaz de manter o pH balanceado num nível que seu peixe considere confortável.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível