Níveis de nitrito em aquários de água doce

Escrito por debra durkee | Traduzido por joão melo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Níveis de nitrito em aquários de água doce
Peixes de água doce podem morrer por exposição prolongada a nitritos (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Os níveis de nitrito em um aquário de água doce têm um impacto direto na saúde dos peixes. Quando a água não é devidamente monitorada, níveis aumentados do composto podem ocasionar doença e morte dos peixes. Como parte do ciclo natural de nitrogênio, os nitritos podem facilmente subir para níveis perigosos quando o ciclo não estiver equilibrado dentro dos limites do aquário.

Outras pessoas estão lendo

Fonte

Os nitritos são produzidos durante o ciclo natural do nitrogênio que acontece em qualquer tanque de peixes de água doce. Quando os peixes produzem resíduos de vários tipos, eles também produzem amônia. As bactérias na água, em seguida, agem sobre a amônia para a produção de nitritos que, então, oxidam em nitratos. O amoníaco está presente no excremento dos peixes e é também liberado para a água durante o processo de respiração deles. A deterioração de alimentos que se sedimentam no fundo do tanque também libera compostos para o ciclo do nitrogênio. Em um ciclo saudável, as bactérias fixadoras de nitrogênio convertem nitritos em nitratos inativos e inofensivos. Se a bactéria não pode reciclar adequadamente os nitritos, os níveis do composto no tanque podem subir para níveis perigosos.

O quanto é demais

Mesmo pequenas quantidades de nitrito são demais. Um aquário equilibrado deve reciclar nitritos, assim que entram no sistema. Os níveis a partir de 0,5 partes por milhão podem ter um impacto negativo sobre o peixe. Eles não devem permanecer no tanque; pode ocorrer dano permanente ao ecossistema do aquário e seus habitantes quando os níveis elevados de nitrito persistem por mais de uma semana. O peixe irá mostrar os primeiros sinais de intoxicação por nitrito e o que irá alertar ao proprietário que algo está errado. O animal com exposição ao nitrito vai ficar na proximidade do topo do tanque e pode parecer ter dificuldade em respirar. Esses peixes não nadarão tanto quanto de costume e parecerão letárgicos.

Perigos

Altos níveis de nitrito foram ligados a uma série de problemas de saúde em peixes, incluindo uma doença chamada popularmente de "buraco na cabeça". Elevados níveis continuados de nitritos não só resultam na erosão contínua do corpo do peixe, mas também interferem em seus processos internos. Quando os nitritos são absorvidos pelo corpo, eles podem tomar o lugar do oxigênio. A quantidade de oxigênio fornecido para os órgãos vitais do animal diminui, resultando em letargia e respiração pesada. Ao longo do tempo, essa condição culminará na diminuição da saúde do peixe e, finalmente, levará à morte.

Diminuindo os níveis

A manutenção adequada do tanque irá assegurar que um elevado percentual de bactérias nitrificantes esteja presente na água. Comece o aquário com apenas um punhado de peixes resistentes, como barbos e tetras, para iniciar um ciclo de nitrogênio equilibrado e o desenvolvimento de boas bactérias. Essas bactérias vão quebrar os nitritos e os transformar em nitratos. Esses nitratos são inofensivos, mas ainda necessitam ser removidos, trocando a água regularmente. Adicionar plantas vivas, pequenos organismos, como vermes tubulares, e uma pequena quantidade de algas, também ajuda a manter os nitritos sob controle. Troque a água regularmente para reduzir não só os níveis de nitrato, como os níveis de nitrito também.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível