Baixo nível de glicose em bebês

Escrito por kristeen cherney | Traduzido por max jahnke
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Baixo nível de glicose em bebês
Baixo nível de glicose em bebês (Photos.com/AbleStock.com/Getty Images)

De acordo com o Hospital Infantil de Boston, cerca de dois em cada mil bebês recém-nascidos possuem baixos níveis de glicose no sangue. Existem alguns fatores que aumentam o risco do seu bebê desenvolver hipoglicemia. No entanto, qualquer bebê pode estar em risco se a glicemia no sangue não está normal. O Hospital Infantil de Boston afirma que a hipoglicemia em bebês pode não ser evitada em alguns casos, por isso é vital que você seja pró-ativo e monitore a saúde do seu bebê.

Outras pessoas estão lendo

Fatos

A hipoglicemia, que significa que os níveis de açúcar no sangue estão baixos, é uma condição em que há uma falta de glicose no corpo proveniente dos alimentos. A glicose é utilizada como energia e, em bebês, é crucial para a função cerebral. Os bebês prematuros e aqueles com uma mãe hipoglicêmica têm um risco maior de desenvolver o problema.

Causas

A hipoglicemia em bebês é resultado dos baixos níveis de glicose no fígado ou na circulação sanguínea. Alguns bebês nascem com essa condição devido à falta ou a nutrição da mãe dentro do útero, doença hepática, ou uma mãe com hipoglicemia não tratada.

Sintomas

O Hospital Infantil da Filadélfia afirma que os sintomas da hipoglicemia em bebês podem ser difíceis de detectar, pois eles podem ser semelhantes aos de outras doenças pré-existentes ou atividades normais. Estes sintomas incluem apneia (padrões de respiração irregulares), coloração azul da pele, hipotermia, nervosismo, falta de tônus corporal, letargia, falta de apetite, convulsões, cansaço, fome excessiva, aumento da frequência cardíaca, pulso rápido e confusão.

Prevenção e solução

Se você suspeitar de qualquer possível sintoma de hipoglicemia em seu filho, consulte seu pediatra para um exame de sangue e diagnóstico. Se o médico confirmar que a hipoglicemia está presente, ele irá prescrever tratamentos de glicose. Os tratamentos variam, pois dependem da gravidade da doença, a idade e estado de saúde do seu bebê, além da tolerância aos medicamentos. Uma vez sob tratamento, acompanhe de perto os níveis de glicose no sangue do seu bebê e certifique-se de que testes regulares são feitos.

Aviso

Níveis normais de glicose no sangue são vitais para os bebês, porque a glicose é a principal fonte de energia do cérebro nesta fase da vida. Níveis baixos de glicose em bebês podem causar lesões cerebrais e convulsões. Comas também podem ocorrer nos casos mais graves ou prolongados de baixa de glicose no sangue. Se você suspeitar que seu bebê tem hipoglicemia, entre em contato com seu médico imediatamente.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível