Um nódulo no testículo após uma vasectomia

Escrito por britt berg | Traduzido por eduardo marcal
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Um nódulo no testículo após uma vasectomia
A maioria dos nódulos testiculares são facilmente tratáveis após a vasectomia (man image by cherie from Fotolia.com)

Normalmente, a recuperação de uma vasectomia é rápida, e a maioria dos homens sente poucos efeitos colaterais após o procedimento. Eventualmente, após a vasectomia, alguns homens podem notar a presença um nódulo em um ou em ambos testículos. Algumas causas para esse fenômeno são: granuloma espermático, hematomas e inflamação. Apesar da vasectomia não causar câncer, um nódulo nos testículos pode ser um sintoma de câncer testicular.

Outras pessoas estão lendo

O que acontece durante a vasectomia

Antes de entender como o nódulo testicular aparece após a vasectomia, ajuda saber o que ocorre nesse procedimento. Durante a cirurgia, o médico faz uma pequena incisão pontual no escroto do homem. Ele então corta, prende, amarra e cauteriza o ducto deferente. Uma vez cortado, o esperma não mais consegue deixar o testículo durante a ejaculação, e o homem se torna incapaz de engravidar sua parceira.

Granuloma espermático

Mesmo depois que o ducto deferente foi cortado, o esperma continua a ser produzido pelos testículos vasectomizados. Às vezes, o esperma começa a vazar na região cortada do ducto deferente e uma pequena massa começa a crescer no local. Essa massa é chamada de granuloma espermático e pode crescer de baixo da pele, ao ponto de ser perceptível. Raramente esses nódulos ficam enrijecidos, dolorosos ou inchados, mas nesses casos eles precisam ser cirurgicamente removidos.

Hematoma

Um hematoma é outra causa de nodulação no testículo após a vasectomia. Essa complicação pós-cirúrgica ocorre quando o sangue começa a se acumular e se aderir aos testículos. Outras causas de hematoma incluem se machucar ou ter certas doenças ou problemas de coagulação. Esses nódulos aparecem logo após a cirurgia em cerca de 1% a 6% dos homens vasectomizados.

Síndrome da dor pós-vasectomia

Alguns homens passam por uma dor crônica de longa duração após a vasectomia, chamada de síndrome da dor pós-vasectomia (SDPV). Essa síndrome normalmente é acompanhada de rigidez, inchaço e inflamação dos testículos. Ninguém tem plena certeza de qual é a causa de SDPV, apesar de que alguns pesquisadores especulam que os nódulos, como os granulomas espermáticos, causam SDPV. Em muitos homens, a dor só se alivia após a reversão da cirurgia, mas vários respondem à terapia medicamentosa, bloqueio nervoso e tratamento psiquiátrico.

Tratamento para nódulos testiculares

Depois de estudar mais de 10 mil homens vasectomizados, pesquisadores perceberam que os efeitos colaterais mais comuns eram inchaço e dor nos testículos. Alguns homens também notificaram granulomas espermáticos ou nódulos nos testículos. Apesar de nódulos no testículo normalmente indicarem um problema sério, a maioria deles são benignos e podem ser tratados por um médico. Aplicação regular de calor na área alivia o inchaço dos testículos na maioria dos pacientes. Homens devem informar ao seu médico qualquer nodulação, para determinar qual deve ser o caminho a ser tomado para o tratamento.

Nódulo testicular: um sintoma de câncer testicular?

Cientistas concluíram que a vasectomia não aumenta a chance de câncer, mas um nódulo testicular que apareceu após a vasectomia pode ser um sintoma de câncer. O câncer testicular costuma ocorrer entre os 20 e 39 anos e possui alta taxa de cura. Homens são encorajados a fazer uma bateria de exames regularmente para detectar esse tipo de câncer quando são jovens adultos, uma vez que o tratamento precoce é bem mais eficaz. Homens que percebem nódulos nos seus testículos após uma vasectomia devem procurar instrução profissional para descartar a hipótese de câncer testicular.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível