Conhecimento

Os nomes dos três mosqueteiros no livro de Dumas

Escrito por danielle harms | Traduzido por laila teixeira
Os nomes dos três mosqueteiros no livro de Dumas

"Os Três Mosqueteiros" foi publicado pela primeira vez em fascículos por uma revista

Photos.com/Photos.com/Getty Images

História, romance e aventura se encontram na obra seminal de Alexandre Dumas, "Os Três Mosqueteiros", criando uma trama envolvente conduzida por personagens vívidos. Publicado em 1884, em Paris, o livro fez tanto sucesso que os leitores se encontravam para tentar descobrir qual seria a próxima reviravolta da trama. "Os Três Mosqueteiros" conta a história de três soldados famosos, Athos, Porthos e Aramis, que precisam defender o Rei da França de tramas corruptas contra ele tramadas. Em pouco tempo, o jovem d'Artagnan, aspirante a mosqueteiro e antigo admirador do grupo, junta-se a eles. A história de fantasia escrita por Dumas na França do século 17, ainda é uma importante obra de ficção. Respeitada e apreciada atualmente, o sucesso de "Os Três Mosqueteiros" tem suas raízes nas memoráveis personagens do livro.

Outras pessoas estão lendo

D'Artagnan

Apesar de não ser uma das personagens do título, d'Artagnan é o protagonista e herói clássico da história, possuindo grandes sonhos de provar sua bravura. Ele é um esgrimista excepcional que valoriza o cavalheirismo e se apaixona fácil. Tendo nascido em Gascon, em uma família nobre, ele troca suas origens refinadas porém humildes por Paris. Lá, ele espera alcançar a glória, juntando-se aos Mosqueteiros, a guarda de confiança do rei. Após uma série de coincidências, d'Artagnan se vê lutando contra os três mosqueteiros mais famosos, Athos, Aramis, e Porthos, a quem há muito admira. D'Artagnan impressiona os homens e é convidado para se juntar a eles na luta para proteger o rei e a rainha do corrupto Cardeal Richelieu.

Athos

Photos.com/Photos.com/Getty Images

Athos é um mosqueteiro e homem superior aos outros em quase todos os aspectos. De berço nobre, é o mais velho dos quatro apesar de ainda ser jovem e em forma. Ele é um mosqueteiro com senso de justiça e persegue os que lhe fazem mal em busca de vingança. Volta e meia, Athos prova a si mesmo ser inteligente, corajoso e ainda por cima, um excelente esgrimista. A cada ação heróica sua, d'Artagnan passa a admirá-lo ainda mais. No fim, Athos torna-se mentor do jovem. Todavia, sob seu exterior misterioso, Athos é um homem atormentado por um passado negro que o reencontra antes do fim da história.

Aramis

Aramis é o mais jovem dos três mosqueteiros originais. Como seus colegas, ele desafia o perigo e é comprometido ao serviço da realeza francesa. Contudo, Aramis insiste em virar um padre católico assim que a rainha gerar um herdeiro para o trono. Quando não está lutando contra os esforços desonestos do Cardeal Richelieu ao lado de seus colegas mosqueteiros, Aramis estuda teologia e lê, em segredo, cartas de uma misteriosa senhora próxima à rainha.

Porthos

Apesar de valente e corajoso como os outros mosqueteiros, Porthos dá mais valor aos confortos provenientes da riqueza do que seus amigos esgrimistas. Ele aprecia roupas berrantes e suntuosas, boa comida e as atenções de mulheres ricas. É vaidoso e impertinente, mas é, ao mesmo tempo, uma adorável força cômica. No final, Porthos abre mão de suas obrigações como mosqueteiro para casar-se com sua amante rica, que herdou uma fortuna de seu falecido esposo.

Mais galerias de fotos

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media