Como fazer uma obra de arte de expressionismo abstrato

Escrito por joel le blanc | Traduzido por carolina rico
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como fazer uma obra de arte de expressionismo abstrato
Pinturas abstratas permitem que você trabalhe rápida e livremente, criando peças de arte vívidas (Brand X Pictures/Brand X Pictures/Getty Images)

Se você quiser criar uma arte expressionista abstrata, existem várias técnicas, ideias e metodologias que deve aprender antes de entender esse movimento moderno. A arte expressionista abstrata atinge a essência das coisas, dando ao artista a liberdade de explorar suas emoções e combinar sua interação pessoal com a arte. Faça, explore e aproveite a liberdade que essa forma de arte oferece.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Tela
  • Papel
  • Painel
  • Tinta esmalte
  • Pincel duro
  • Bastão de madeira

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Estude a história do movimento expressionista abstrato e os artistas envolvidos. Basear-se em teorias e filosofias do expressionismo original o ajudará a fortalecer o entendimento do movimento ao se aproximar da tela. De acordo com a University of Iowa Museum of Art, o expressionismo abstrato começou em Nova Iorque nos anos 1940 e 1950, com pintores como Hans Hofmann, Jackson Pollock e Mark Rothko. Convencidos de que a arte estava em crise e influenciados pelas ideologias de esquerda da época, cada artista experimentou e tentou encontrar uma maneira mais libertadora de expressar sentido e transmitir emoção.

  2. 2

    Planeje seu trabalho com antecedência. O expressionismo abstrato não é uma arte representacional e possui a intenção de captar a energia, emoção e impressão de um tema. A pintora e autora de "Art Evolution", Lisa Cyr, diz que a pintura, seu processo e o papel do artista como pintor são o tema da arte, e não objetos mais tangíveis, paisagens ou pessoas exteriores ao artista. Você não precisa de um rascunho ou imagens realistas do tema, mas precisa experimentar, planejar e pensar em ideias que deseja transmitir, e a melhor forma de fazê-las. Combine a espontaneidade com premeditação e visão.

  3. 3

    Experimente o "action painting" (pintura de ação). O Museum of Modern Art indica que o "action painting" seja um termo usado para descrever pinturas criadas com um estilo impulsivo, corajoso e espontâneo. Ao levar um objeto físico para uma pintura expressionista abstrata, capture-o com pinceladas fortes e rápidas. Tente vários rascunhos ou pinturas rápidas para começar a entrar no clima do action painting. Por exemplo, rascunhe uma pessoa em 30 segundos. Esqueça a tentativa de representar qualquer coisa com precisão matemática e anatômica. Capture as emoções, ideias e energia que o indivíduo evoca em você enquanto o olha e estuda. Comunique sua reação ao oceano, às ondas e ao mar, sem tentar retratar com precisão as ondas, espumas ou litoral.

  4. 4

    Use pingos de tinta em sua arte. Em um artigo publicado pela The Nation 7 de janeiro de 1999, o crítico de arte Arthur C. Danto diz que "dripping" (gotejamento) é uma técnica de pintura desenvolvida e tornada popular pelo famoso pintor expressionista Jackson Pollock, que pode ser utilizada para criar uma variedade de efeitos. Espalhe jornais pelo chão de seu espaço de trabalho para evitar acidentes com a tinta. Coloque a tela, papel ou painel no chão. Com pedaços de madeira ou pincéis duros, sacuda ou deixe a tinta pigar na superfície. Para esse propósito, você provavelmente precisará usar tinta esmaltada ou industrial, pois tinta a óleo é muito grossa. Experimente com diferentes cores e combinações delas. Use o gotejamento para escurecer as imagens e dar formas à pintura ou, como Pollock, cores emocionais com densos arranjos circulares.

Dicas & Advertências

  • Use ferramentas diferentes para aplicar a tinta, como retalhos de panos, tecidos, palitos, folhas, penas, galhos ou papel amassado.
  • Use espátulas ou pincéis duros para riscar e mover a tinta pela tela, criando formas diferentes, texturas e efeitos.
  • Use cores fortes, vibrantes e diferentes tonalidades para criar intensidade, energia e vida em sua arte.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível