Como observar o céu noturno a olho nu

Escrito por kristy lewallen | Traduzido por ricardo soares
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como observar o céu noturno a olho nu
A observação do céu noturno pode ser feita a olho nu (Night landscape image by Alexander Maksimov from Fotolia.com)

O céu noturno é cheio de coisas interessantes para ver, como planetas, luas e constelações. Embora a observação do céu à noite sejam normalmente feitas com a ajuda de um telescópio, ela também pode ser feita a olho nu. Mesmo na cidade, você pode ser capaz de ver a lua, bem como estrelas e planetas que estão próximos à Terra. Saber como observar o céu noturno a olho nu irá ajudá-lo a localizá-los.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Procure pela lua, já que é o maior e mais brilhante objeto no céu à noite. A lua é normalmente mais visível em qualquer lugar, mesmo em uma cidade grande, contanto que você tenha uma visão clara do céu. Às vezes, pode até mesmo ser vista em uma noite nublada. Os eclipses lunares também são melhores vistos a olho nu. Os eclipses lunares parciais ocorrem pelo menos duas vezes por ano, quando os corpos celestes se alinham, com a Terra no meio. Os eclipses lunares totais ocorrem com menos frequência, mas ambos podem ser vistos onde a lua é visível.

  2. 2

    Procure por meteoros no céu em uma noite clara, longe das luzes da cidade. Os meteoros, também chamados de estrelas cadentes, são muito mais fáceis de ver a olho nu, pois eles podem surgir em qualquer lugar do céu. Olhar através de um telescópio apenas permite que você veja uma pequena área do espaço, enquanto que o olho nu pode ver uma área muito maior. Os satélites artificiais também podem ser vistos a olho nu. Eles se movem rapidamente no céu e são maiores e mais brilhantes do que a maioria dos objetos, além da lua.

  3. 3

    Observe a Via Láctea em uma noite clara. A melhor maneira para ver é estar afastado das luzes da cidade, onde muitas estrelas são visíveis. Todas as estrelas visíveis a olho nu são parte da Via Láctea, e às vezes uma névoa branca também pode ser vista.

  4. 4

    Procure constelações reconhecíveis que são visíveis em sua área. A Ursa Maior tem a forma de uma panela com um cabo longo e pode ser vista no Hemisfério Norte durante todo o ano, pois permanece acima do horizonte. A Ursa Menor também tem o formato de uma panela, mas é muito menor. Ele aparece como um pequeno aglomerado de estrelas e também é visível no Hemisfério Norte durante todo o ano. As duas estrelas na extremidade da tigela da Ursa Maior apontam para a Ursa Menor

  5. 5

    Procure no céu noturno por planetas que são visíveis na sua área. Vênus é o planeta mais brilhante e aparece como branco ou azul claro. É muito maior do que as estrelas e os planetas ao redor. Ele é o planeta mais fácil de encontrar e pode ser visto antes do sol nascer no leste e após desaparecer no oeste.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível