Como ocorre a adesão de plaquetas

Escrito por adelaide damoah | Traduzido por natalia peres
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como ocorre a adesão de plaquetas
Plaquetas são pequenas células sem núcleo com formato de disco (Comstock Images/Comstock/Getty Images)

Uma plaqueta é a menor unidade ou fragmento de célula encontrado no sangue. Elas são pequenas células com formato de discos que não possuem núcleo como as outras células. O propósito principal de sua existência é ajudar o corpo a parar de sangrar após um ferimento. Este processo é chamado de hemostasia. A agregação das plaquetas é o processo de milhões de delas indo em direção ao local do ferimento e formando uma formação similar a um plugue para fazer seu corpo parar de sangrar.

Outras pessoas estão lendo

Processo

As plaquetas são produzidas durante a formação do sangue em sua medula óssea. A expectativa de vida média de uma plaqueta é de 5 a 9 dias. Quando ocorre um ferimento no corpo ou na superfície da pele, hormônios e substâncias químicas especiais são lançados na corrente sanguínea. Esses hormônios e substâncias químicas, incluindo fator de Von Willebrand, fator ativador de plaquetas e trombina, fazem as plaquetas se tornarem "ativas". Isso significa que elas se unem em aglomerados.

Os hormônios também fazem com que as plaquetas mudem de forma, tornem-se mais esféricas e formem formas estreladas - como pequenas pontas irradiando do centro de cada uma. Quando as plaquetas mudam de forma deste modo, isso as ajuda a unir-se mais efetivamente, o que ajuda a deter o fluxo de sangue. As plaquetas também liberam mais hormônios, o que faz com que mais delas se unam no locam do ferimento para ajudar a parar a perda de sangue.

Importância

A formação de um coágulo de sangue deste modo é uma medida natural e temporária que seu corpo usa para parar a perda excessiva de sangue após um ferimento. Se o processo não funcionar adequadamente devido a uma doença ou condição, como a síndrome de Scott ou doença de Von Willebrand, um simples corte pode levar a um sangramento excessivo com potenciais consequências devastantes se não tratado adequadamente.

Considerações

Os remédios também podem ter efeito na agregação das plaquetas. A aspirina é conhecida por ter efeito na agregação das plaquetas, assim como o anticoagulante varfarina. Por esta razão, antes de cirurgias é vital que os cirurgiões estejam cientes de qualquer medicação que você tomou para que possam mitigar qualquer risco potencial associado com sangramento excessivo durante a cirurgia.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível