Saúde

Ofegância e sibilância em cães

Escrito por debra durkee | Traduzido por ana olson
Ofegância e sibilância em cães

Cães ofegam para regular a temperatura corporal

Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images

Como os cães não regulam a temperatura do corpo da mesma forma que os seres humanos, ofegar é uma forma normal de se livrar do calor do corpo. É geralmente mais perceptível após o exercício ou em um dia quente, mas ofegar dentro de casa ou em dias frios pode indicar o início de problemas respiratórios, especialmente se acompanhado de sibilância.

Outras pessoas estão lendo

Quando se preocupar

Como a ofegância é uma função normal do sistema respiratório de um cão, às vezes pode ser difícil dizer quando ela é o sinal de um problema. Estar familiarizado com a forma como o seu cão age em seu estado normal vai tornar você capaz de dizer quando algo está errado. Geralmente, um cão deve fazer entre 10 e 30 respirações por minuto em estado de repouso, e ofegar durante os períodos de alta temperatura, exercício ou excitação. Se seu cão está ofegante, sem qualquer uma dessas condições ou após a atividade suave que anteriormente não o incomodava, isso pode ser um sinal de um problema. A ofegância normalmente soa igual à respiração regular, só que mais rápida. Quando ela é acompanhada por um assobio ou chiado (sibilância), pode haver motivo para preocupação.

Causas da ofegância

Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images

Cães saudáveis ofegam para regular a temperatura corporal, mas a ofegância pode ser um sintoma de insuficiência cardíaca congestiva. Quando o coração do cão não consegue acompanhar a necessidade de oxigênio do corpo, a respiração ofegante pode ser uma tentativa de compensar isso. É também um sintoma de uma doença pulmonar, quando o corpo tenta compensar a dificuldade que os pulmões estão tendo. Ofegância rasa - quando o cão está respirando rápido - também pode ser um sintoma de uma lesão na cavidade torácica. Respiração superficial e sibilância podem ser um sinal de ossos quebrados ou furos.

Causas da sibilância

O chiado pode ser mais perceptível quando o cão está ofegante. Há uma série de causas para sibilância, que vão desde uma obstrução na traquéia do cão e irritação na garganta até o início de uma doença como a pneumonia. Às vezes, o chiado no peito só pode ser ouvido ao escutar o peito do cão, especialmente quando a condição que o causa está apenas começando. Visitas regulares ao veterinário podem ajudar a captar sinais de sibilância suave antes que a doença progrida, o que pode acontecer em casos de câncer do sistema respiratório ou no início de condições crônicas, como insuficiência cardíaca. Em alguns casos, pode haver um corpo estranho alojado em algum lugar no sistema respiratório do cão, o que pode exigir atenção médica imediata.

O que fazer

Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images

Em caso início súbito, se houver alguma chance de que a respiração ofegante e chiado no peito possam ser causadas por desidratação, leve o cão para um local fresco e com sombra e ofereça água fresca. Monitore-o com cuidado para observar quaisquer mudanças no comportamento ou sintomas. Se não houver nenhuma mudança, procure um veterinário. Se a respiração ofegante e sibilância forem notados em momento em que não houver nenhuma razão real para o comportamento, consulte um veterinário imediatamente. Ele provavelmente vai querer examinar o cão e verificar o estado dos seus sistemas respiratório e circulatório.

Não deixe de ver

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media