Como oferecer condolências de maneira educada

Escrito por heather monroe | Traduzido por andrea b. balieiro
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como oferecer condolências de maneira educada
Aprenda a oferecer condolências de maneira educada

Nenhuma condolência pode apagar a dor da perda de um ente querido. Mas dizer ou fazer a coisa errada certamente pode piorar a dor da pessoa em luto. Parece que prestar condolências com bons modos caiu no esquecimento. A indústria funerária tem racionalizado a morte de uma maneira antes desconhecida. Até o final do século 19, a morte era parte da vida cotidiana. Fotografias eram frequentemente tiradas dos mortos, medalhões feitos de seus cabelos e havia um protocolo a ser seguido para demonstrar sofrimento em público. Atualmente, a morte é um assunto incômodo e o desconforto, o choque e a tristeza podem fazer com que as pessoas fiquem sem palavras.

Outras pessoas estão lendo

Ao ouvir a notícia

Ouça o portador da má notícia com atenção, antes de interromper com seus pêsames. Se era próximo do falecido, um simples "sinto muito. Por favor, avise-me se houver alguma coisa que eu possa fazer para ajudar" é suficiente. Certifique-se de acompanhar a família, para se certificar de que está disponível, se precisarem de ajuda.

Morte de conhecidos

Se o falecido era um conhecido ou um colega de trabalho, provavelmente ouvirá a notícia de alguém de fora da família, como seu chefe ou um amigo. Nesse caso, não tente entrar em contato imediatamente com a família do falecido. Em vez disso, ofereça suas condolências no funeral ou simplesmente envie um cartão.

No funeral

Ao falar sobre a pessoa que morreu, não se refira como "o falecido", mas pelo seu nome. É aceitável contar histórias engraçadas sobre ele, desde que não conte uma que o constrangeria se ele ouvisse. É educado abraçar ou apertar a mão de cada membro da família. Os parentes geralmente estão sentados na fila da frente para essa finalidade. No entanto, soluçar incontrolavelmente no ombro da viúva é rude. Dê espaço e tempo para a família lamentar no funeral.

Enviando condolências

Enviar condolências manuscritas é uma prática que a nossa cultura parece ter perdido. O envio de condolências via e-mail nunca é aceitável. No entanto, envie e-mails periódicos para verificar se a família está bem desde que você também envie suas condolências por escrito. O envio de flores é um gesto bonito. Assine o cartão das flores de uma forma simples: "Com as nossas mais profundas condolências". Se a família pediu algo em vez de flores, certifique-se de cumprir. Certifique-se de escrever na nota que nenhuma resposta é necessária. Algumas pessoas se sentem obrigadas a enviar respostas aos cartões de pêsames quando deveriam estar lidando com a dor.

Indo além

Quando pessoas estão sofrendo, muitas vezes se esquecem de cuidar de si mesmas. Deixe uma caçarola, uma torta ou outro alimento na casa para lembrar a família de que você está pensando neles. Oferecer-se para conduzir os entes queridos para a programação do funeral também é útil. Se fizer isso, não interponha a sua opinião sobre os serviços, a menos que ela seja solicitada.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível