Conhecimento

Os oito níveis de classificação dos ursos coala

Escrito por eleanor mckenzie Google | Traduzido por giovana moretti
Os oito níveis de classificação dos ursos coala

O coala não é um urso, é um marsupial

Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

A classificação, ou taxonomia, identifica todos os seres vivos e os coloca em grupos de espécies relacionadas. Há oito níveis de classificação, cada um com um nome grego ou latino, que se refere às características compartilhadas pelas espécies de um grupo. O nível mais amplo de classificação é o do reino ao qual os coalas pertencem, enquanto o nível mais restrito é o das subespécies, que se refere a um tipo de coala.

Outras pessoas estão lendo

Reino, filo e classe

O coala pertence ao reino Animalia. Seu filo é o chordata, o que significa que ele possui um cordão espinhal. Ele também tem uma classificação de subfilo chamada vertebrata, porque ele tem uma coluna vertebral. A classe principal do coala é a mammalia, ou mamífero, porque ele tem as glândulas mamárias para alimentar os filhotes. Sua subclasse é a marsupialia, ou marsupiais, que é a característica principal de definição do coala. Essa classificação indica que os filhos não estão totalmente desenvolvidos ao nascer, e precisam viver e se alimentar na bolsa da mãe até ficarem maduros, o que ocorre entre os 6 e 7 meses de idade.

Ordem, família, gênero, espécie

A ordem vem depois da classe. Os coalas pertencem à ordem diprotodontia dos mamíferos. Isso significa que o segundo e terceiro dígitos, ou dedos das patas traseiras são fundidos, embora as garras não sejam. Também, ele tem apenas um par de incisivos na mandíbula inferior. O coala também pertence à subordem dos vombatiformes. Coalas e vombates são os únicos animais que pertencem à essa ordem. O coala é o único membro da família phascolarctidae, e do gênero phascolarctus. Sua espécie é a cinereus. Os nomes das famílias e espécies dos coalas se referem ao fato de eles serem ursos cinzentos e com uma bolsa. Eles receberam um nome científico pela primeira vez em 1816, por John Price, um dos primeiros colonos europeus.

Nome popular e subespécies

Seu nome científico é phascolarctus cinereus, mas o nome popular é coala, que vem da língua aborígene e significa "não bebe". As classificações da subespécie define os tipos de coalas encontrados em diferentes regiões da Austrália. De acordo com a Australian Koala Foundation (fundação australiana do marsupial), os cientistas discordam sobre a existência de duas ou três subespécies. As principais diferenças entre as subespécies são algumas características físicas. Por exemplo, os coalas do sul são maiores do que os do norte, e têm a pelagem mais espessa, que é mais marrom que cinza. O sul da Austrália têm invernos mais frios que os do norte, o que conta para essa diferença.

Fatos sobre o coala

Os coalas não são ursos, porque eles não pertencem à família dos ursos, a ursidae — embora o "arctus" no nome da família dos coalas, "phascolarctus", signifique "semelhante a urso". De acordo com a Australian Koala Foundation, é incorreto referir a eles como "ursos coala": é mais correto chamá-los de coalas. A fundação diz que os coalas provavelmente chegaram à Austrália quando ela começou a se separar da massa de terra da Antártica, e pesquisadores encontraram fósseis de coala com 25 milhões de anos.

Não deixe de ver

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media