Óleo de jojoba e rosácea

Escrito por arathi srikantaiah | Traduzido por joão marcos lima medina rosa
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Óleo de jojoba e rosácea
Saiba mais sobre a relação entre óleo de jojoba e rosácea (Thomas Northcut/Photodisc/Getty Images)

A rosácea é uma doença de pele crônica que nem sempre reage à tratamentos convencionais. Recentemente, o óleo de jojoba tem ganhado popularidade entre os que sofrem de rosácea como um tratamento hidratante que não aumenta seus sintomas.

Outras pessoas estão lendo

Fatos

Produzido à partir da semente da planta jojoba, o óleo é na verdade uma cera natural. Apesar de ser uma cera, esse óleo continua líquido à temperatura ambiente, pois é composto de ácidos insaturados.

Potencial

Lembrando bastante a gordura humana, o óleo de jojoba facilmente se integra com a pele sem causar reações alérgicas. A ação gentil e tranquilizante combinada com suas propriedades inerentemente antibactericidas e anti-inflamatórias fazem do óleo de jojoba um promissor tratamento alternativo para rosácea.

Significância

Observada em pessoas com peles claras, a rosácea é uma doença difícil de se tratar. Ela é uma doença genética causada por vasos sanguíneos que dilatam bastante, caracterizada por vermelhidão facial e protuberâncias na pele. O óleo de jojoba ajuda fortificando a função de proteção, e como resultado, melhora a saúde geral da pele sensível dos que sofrem de rosácea.

Considerações

Embora nem todos que usem o óleo de jojoba tenham sucesso, vale a pena tentar pois é um tratamento barato que não causa efeitos colaterais.

Como usar

O óleo de jojoba pode ser usado em vez de um hidratante normal sendo aplicado na quantidade de uma a duas gotas nas áreas afetadas depois da limpeza de pele.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível