Mais
×

Óleo ou látex para refazer o acabamento dos gabinetes de cozinha?

Pintar os gabinetes já existentes é uma maneira econômica de remodelar a cozinha. As tintas à base de óleo são tradicionalmente favorecidas pelos pintores profissionais para pintar os armários, mas as tintas látex oferecem vantagens na aplicação e na limpeza, caso você resolva fazer tudo por conta própria. Os prós e os contras de utilizar tinta óleo ou látex devem ser pesados cuidadosamente antes de tentar embelezar os velhos gabinetes.

A pintura pode transformar a sua cozinha sem muito custo (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

Durabilidade

As tintas óleo, mais duráveis do que as látex, resistem bastante nas áreas de movimento intenso, como a cozinha. O óleo tem um tempo de cura mais rápido, tornando mais improvável que os gabinetes recém-pintados sejam danificados. O látex pode levar até duas ou três semanas para curar apropriadamente, deixando o novo acabamento correndo um sério risco de sofrer pequenos danos e arranhões. A tinta óleo também é menos suscetível ao encolhimento, em condições de baixa temperatura, do que o látex.

À longo prazo, as tintas óleo de cor clara podem ficar amareladas, enquanto as de cor escura podem desbotar. As tintas látex desbotam menos, mas mancham mais facilmente e exibem maior desgaste no acabamento. As tintas à base de látex também tendem a respirar melhor e não são tão suscetíveis ao mofo. Se for utilizar tintas látex, Scott Gibson, do site ThisOldHouse.com, encoraja o uso de tinta 100% acrílica, que é mais durável do que o vinil acrílico.

Aplicação

De acordo com Gibson, a tinta óleo oferece um acabamento mais uniforme. O ponto baixo é que ela demora mais tempo para secar, às vezes até 24 horas entre as mãos, e tem um cheiro forte. As tintas látex secam mais rápido e geralmente não têm tanto cheiro; porém, não importa qual tinta você escolha, os acabamentos em spray estão em primeiro lugar no quesito uniformidade. Por outro lado, pode ser difícil e demorado selar completamente todas as superfícies da cozinha que não forem ser pintadas.

Uma alternativa envolve remover as portas e gavetas dos gabinetes antes de borrifar a camada de tinta sobre eles e, então, utilizar um pincel nas molduras. Gibson recomenda pincéis de boa qualidade e sugere evitar aplicadores de espuma e rolos. As tintas alto brilho e semibrilho facilitam a remoção de sujeira e gordura, o que costuma ser uma prioridade na cozinha.

Limpeza

O benefício primordial de utilizar tinta látex ao invés de óleo é que você precisa apenas de água e sabão para remover a tinta das ferramentas e dos pincéis. A limpeza das tintas à base de óleo requer solventes que exalam vapores e que costumam ser inflamáveis, como a terebintina. Além disso, as tintas óleo são classificadas como resíduos perigosos ao meio ambiente, o que torna o descarte da tinta não utilizada potencialmente problemático.

Custo

Quando se trata do preço, as tintas óleo e látex são bastante comparáveis. Entretanto, as tintas à base de óleo custam um pouquinho mais no geral, pois deve-se levar em consideração o gasto com os solventes utilizados na limpeza e as possíveis taxas de eliminação de resíduos.

bibliography-icon icon for annotation tool Cite this Article