Porque o óleo não se mistura com a água?

Escrito por deborah walden | Traduzido por ana carolina cardoso bedenik
Porque o óleo não se mistura com a água?

Moléculas de óleo flutuam na superfície da água

Ryan McVay/Lifesize/Getty Images

O vazamento de petróleo e o molho para salada demonstram uma importante lição científica: O óleo e a água não se misturam. A razão para esse fenômeno está nas pequenas partículas que constituem cada uma dessas substâncias. A estrutura molecular da água e do óleo determina a maneira como elas interagem. Ao contrário da crença popular, o óleo e a água não se repelem. Veja suas propriedades básicas e porque eles se separam.

Outras pessoas estão lendo

Polaridade e apolaridade das moléculas

A interação de água e óleo resulta da carga elétrica das moléculas de água. A molécula da água contém dois átomos de hidrogênio e um de oxigênio, logo, o nome científico é H2O. Os átomos de hidrogênio emitem uma carga elétrica positiva em uma extremidade da molécula e os de oxigênio, uma negativa do outro lado. Por essa razão, os cientistas classificam as moléculas da água como polares. As moléculas de óleo não contêm uma carga, ou seja, elas são apolares.

Atração das moléculas

Os átomos com carga negativa atraem os que têm carga positiva. Assim, a carga negativa do oxigênio, no final de uma molécula de carga positiva da água, atrai os átomos de hidrogênio positivamente carregados. Eles criam uma conexão chamada de ligação de hidrogênio. Devido à carga elétrica das moléculas de água, as moléculas de óleo exibem uma forte atração a elas mais do que a outras moléculas de óleo. Eis porque o óleo tende a criar uma fina película quando cai em pequenas quantidades na água. As moléculas do óleo tentam espalhar-se para se ligarem à água, ao invés de criarem uma ligação entre elas mesmas.

As moléculas de água ficam juntas

Por causa de sua polaridade, as moléculas de água possuem uma forte atração em direção umas às outras, mais do que elas possuem em direção às moléculas de óleo. Estas, tentam conectar-se à água, mas as ligações de hidrogênio, que ligam as moléculas de água, permanecem fortes demais para deixá-las entrar. Se atraído para a superfície da água, o óleo irá separar-se em uma camada da espessura de uma molécula, desde que cada uma tentará juntar-se à água. Se agitado em água, o óleo formará moléculas em bolas separadas, pois os laços segurando as moléculas de água juntas não quebrará facilmente para deixá-lo entrar.

Porque o óleo flutua na água

Já que as moléculas de água não deixarão as moléculas de óleo aderirem através de suas ligações, o óleo será empurrado para longe do centro da água. Você não encontrará um recipiente de água com o óleo localizado no meio, suas moléculas não se separarão para permitir isso. Elas apresentam uma densidade mais elevada do que as do óleo, significando que elas pesam mais. Por ser mais leve, o óleo sobe ao topo. Se mexidos, o óleo e a água sempre se separarão novamente, com o óleo por cima.

Não deixe de ver

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media