Como o olho se conecta ao cérebro?

Escrito por tyler lacoma | Traduzido por monica ferreira rocha lopes

Outras pessoas estão lendo

Como o olho se conecta ao cérebro?

A retina é a parte dos olhos que é mais afetada pela luz

Photos.com/AbleStock.com/Getty Images

Células do olho

O olho interpreta a luz que reflete nos objetos e brilha em sua direção. A retina é a parte dos olhos que mais é afetada pela luz. Ela fica atrás da pupila e da íris que se ajusta, principalmente, à qualidade da iluminação. A retina é composta por dez camadas diferentes e possui dois tipos de células sensíveis à claridade que utilizam pigmentos para interpretar corretamente os sinais de luz. Estas células são conhecidas como hastes e cones, por causa de suas diferentes formas.

Impulsos elétricos

As hastes são muita numerosas e ajudam a captar sinais fracos de luz, mas elas não conseguem interpretar padrões complicados e não conseguem distinguir facilmente cor ou detalhes. Os cones, por outro lado, existem em menor número, mas à luz do dia eles podem captar uma ampla gama de cores e são excelentes para ler detalhes. Ambos convertem a informação que recebem da luz em sinais elétricos. Estes sinais se transformam em uma longa cadeia de impulsos que viaja para o cérebro, como um código interminável que transmite informações vitais. Com base nas células e tipos de impulsos que estão sendo enviados, o cérebro pode ler uma grande quantidade de informações sobre a luz recebida.

Como o cérebro interpreta a informação

A retina é dividida ao meio, de cima para baixo, com duas fibras do nervo que levam diferentes informações. A fibra do nervo esquerdo transporta impulsos a partir do lado direito do olho, e a fibra do nervo direito carrega a informação a partir do lado esquerdo. Isso significa que o cérebro tem de interpretar quatro diferentes conjuntos de impulsos elétricos sobre a luz que está sendo captada pelos olhos. O cérebro lê essas informações em duas áreas distintas. A primeira é a da projeção visual, em que o cérebro forma uma imagem completa com todos os sinais. Os códigos de informações separados são reunidos em uma imagem grande e utilizável. A segunda área, conhecida como associação visual, começa imediatamente a aplicar significado em todas as coisas visíveis e diferencia os objetos e as coisas que estão lá das que não estão, esse é o lado conceitual da visão.

Não deixe de ver

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2015 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media