Quanto ômega-3 pode-se dar para um cachorro com a pele seca

Escrito por stevie donald | Traduzido por handrei peterson
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quanto ômega-3 pode-se dar para um cachorro com a pele seca
Cápsulas de ômega-3 (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)

A dieta de muitos cachorros e comidas industrializadas contêm ácidos graxos ômega-6 em abundância, mas carecem de ômega-3, de acordo com Sandra R., da Universidade do Estado da Louisiana. Ácidos graxos são chamados de “essenciais” porque os cachorros não podem produzi-los; eles têm que ser fornecidos na dieta. Eles são de grande importância no combate à pele seca, melhorando o pelo e aliviando a coceira, e podem ser administrados como suplemento alimentar.

Outras pessoas estão lendo

Tipos e fontes

Ácidos graxos ômega-3 desempenham vários papéis. Eles ajudam no desenvolvimento neurológico e articular, nutrindo os pelos e a pele, e são um anti-inflamatório natural. Existem três tipo de ácidos graxos ômega-3: alfa-linolênico (ALA), eicosapentaenoico (EPA) e docosahexanoico (DHA). Ele são encontrados primeiramente na carne de peixe e em algumas fontes de plantas, como o óleo de semente de linho. Cápsulas de ômega-3 provenientes de peixe e de óleo de semente de linho são bem toleradas pelos cachorros. A maioria das pet shops tem esses suplementos à venda, e os cães também podem consumir suplementos de uso humano. Veterinários também costumam ter e recomendar essas cápsulas. Você também pode adicionar peixes, como sardinha enlatada, salmão ou peixe-cavala na dieta do seu cachorro. Eles contêm elevados teores de ômega-3 e hidratarão a pele seca.

Dosagem

Não há recomendações definidas para a dosagem, e pesquisadores ainda tentam determinar a quantidade ideal de ômega-3 e ômega-6 na deita. Um estudo sugere que 180 mg para cada 4,5 kg diariamente é benéfico para pele seca e alergias. Os suplementos da The Fosters and Smith sugerem uma dose de 1 g para cachorros de até 9,0 kg, e 1 g a cada 9 kg para cachorros maiores. A maioria dos suplementos de humanos vem em capsulas de 1 g e pode ser administrada na mesma dosagem.

Cuidados

Doses altas de ômega-3, 1 g a cada 9,0 kg do peso do cachorro podem afinar o sangue e evitar a coagulação. Também podem esgotar os antioxidantes como a vitamina E. Mary Straus, do dogaware.com, sugere doses baixas de suplemento vitamínico do tipo E, com doses não maiores do que 100 IU diários para cães pequenos, 200 IU para os de médio porte ou 400 IU para os grandes. Vitamina E não precisa ser administrada todo dia porque ela é lipossolúvel e fica armazenada no corpo do cachorro. Muitos cachorros comem as cápsulas como comida, mas se eles não o fizer, poderá misturá-las na comida.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível