Orientações sobre como colocar um curativo nas pontas dos dedos

Escrito por amanda goldfarb | Traduzido por fellipe jardim
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Orientações sobre como colocar um curativo nas pontas dos dedos
Usar um curativo em cortes nos dedos pode prevenir infecção (Jupiterimages/Goodshoot/Getty Images)

A mão é uma parte vulnerável do corpo que desempenha um papel de protagonista em muitas das atividades diárias. Os ferimentos na ponta dos dedos formam uma grande parte dos ferimentos nas mãos tratados regularmente pelos médicos, de acordo com a American Family Physician, um jornal da American Academy of Family Physicians. Muitas dessas lesões são pequenas lacerações e escoriações, tais como cortes por papel, cortes por faca de cozinha e outras lesões causadas por atividades rotineiras. Estas lesões podem infecionar se não forem devidamente protegidas com curativos.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Gaze
  • Solução anti-séptica
  • Tiras de curativo adesivo

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Identifique a localização e gravidade da ferida. Se a ferida está sangrando muito, cubra a área com um curativo seco e estéril, como uma gaze, e aplique uma pressão firme no local da lesão. A pressão diminuirá o sangramento e promoverá a formação de coágulos para interromper o sangramento. Elevar a mão acima do nível do coração também reduzirá o sangramento.

  2. 2

    Mova o dedo para ter certeza de que não houve perda de amplitude de movimento como um resultado da lesão. Ferimentos por esmagamento nos quais as pontas dos dedos são expostas a um alto grau de pressão, tal como prendê-los em uma porta de carro, podem ser particularmente prejudiciais para as terminações nervosas.

  3. 3

    Lave a ferida com água morna. Observe qualquer sujeira ou detritos dentro da ferida. Feridas criadas por objetos que penetram através da pele ou unhas podem permitir a invasão de muitos germes e bactérias nocivas que podem levar a uma infecção que posteriormente venha a comprometer o uso do dedo.

  4. 4

    Molhe o dedo ferido com uma solução anti-séptica durante cinco minutos. Soluções anti-sépticas - tal como iodo, peróxido de hidrogênio e álcool isopropanol - são soluções químicas que reduzem ou destroem completamente micro-organismos no corpo. Estes micro-organismos, se não forem controlados, podem se multiplicar, causando infecção.

  5. 5

    Deixe a área secar ao ar ou limpe com gaze estéril. A área terá de ser completamente seca antes que um curativo possa ser colocado.

  6. 6

    Selecione um curativo de tamanho adequado para cobrir a lesão. Tiras de curativo adesivo são apropriadas para pequenos cortes, escoriações e bolhas que ocorrem geralmente na ponta dos dedos. Tiras em formato de borboleta especialmente desenvolvidas podem se encaixar ao longo do dedo melhor do que os curativos tradicionais. Corte de um pequeno triângulo logo acima e abaixo da parte acolchoada do curativo para criar um curativo em formato de borboleta improvisado.

  7. 7

    Remova as tiras pré-separadas da embalagem de curativos e retire o curativo entre os dois lados da embalagem. Remova o revestimento de plástico de cada lado do curativo. Tenha o cuidado para não tocar na parte acolchoada, porque isso introduzirá bactérias no tecido estéril.

  8. 8

    Segure a parte acolchoada estéril sobre a área ferida e coloque lentamente no lugar, garantindo que cubra toda a ferida. Leve as tiras adesivas do curativo em torno do lado oposto do dedo, seguindo a curva natural, de modo que o curativo envolva a ponta do dedo. Coloque as tiras adesivas diagonalmente entre si e prenda-as firmemente à superfície da pele.

  9. 9

    Examine o curativo. Eventuais folgas entre ele e a pele que possam expor a ferida devem ser cobertas com um curativo extra. Certifique-se que o mesmo não esteja impedindo a circulação. Se houver alguma dormência ou formigamento na área, afrouxe o curativo.

Dicas & Advertências

  • Procure ajuda médica em caso de vermelhidão, inchaço ou dor persistente na ponta do dedo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível