Mais
×

Os cinco melhores óleos faciais

Atualizado em 21 novembro, 2017

Os óleos faciais são uma febre hoje em dia. Não importa o seu tipo de pele, há um óleo que vai fazer maravilhas. A melhor parte de utilizá-los é que eles são completamente naturais — livres de ingredientes prejudiciais como os parabenos encontrados nos cremes tradicionais. É hora de dizer adeus aos cremes faciais e abrir espaço para óleos na sua rotina de cuidados diários. Aqui estão cinco dos melhores para ter uma pele brilhante:

Óleo de argan

Independentemente de possuir uma pele oleosa, mista ou seca, o óleo de argan irá uniformizar o seu tom de pele e vai auxiliar na melhoria geral da cútis. Ele contém altos teores de vitamina E, ácidos graxos tipo ômega-3 e antioxidantes — todos são componentes que ajudam a manter uma aparência fresca e jovial. Você pode utilizar o óleo de argan como hidratante facial diário e ele vai fazer maravilhas pelos cabelos secos e danificados!

Óleo de rosa mosqueta

Conhecido como o Retin-A da mãe natureza, sem os desagradáveis efeitos colaterais, o óleo de rosa mosqueta é excelente para os cuidados anti-idade. Os ácidos graxos ômega-6, juntamente com as vitaminas C e A, vão trabalhar para aumentar a taxa de renovação das células — ou seja, diminuir as rugas. Após o uso contínuo, é provável que você note melhorias em manchas escuras e marcas. Para melhores resultados, experimente utilizar o óleo de rosa mosqueta à noite, que é o período em que o corpo realiza a maior parte das suas atividades de reparação. Prepare-se para acordar brilhando!

Óleo de jojoba

É estranho, mas o óleo de jojoba na verdade é uma cera. Por possuir uma estrutura química muito semelhante aos óleos naturais da pele, é facilmente absorvido. Isto significa que não irá simplesmente ficar na superfície e fazer com que sua pele pareça superoleosa, um visual que ninguém deseja! Ele contém zinco, cobre e vitaminas B e E, minerais e vitaminas que auxiliam a fortalecer a sua pele com o passar do tempo. Já que este é um dos mais leves óleos que podemos encontrar, tente usar óleo de jojoba no lugar do seu atual hidratante diurno.

Óleo de coco

O verdadeiro multitarefas — é sério. O uso do óleo do coco nos cuidados com a pele ficou mais popular nos últimos anos, embora não tenhamos certeza do motivo de não ter sido sempre assim. É naturalmente bactericida, antiviral, possui UMA TONELADA daqueles ácidos graxos supersaudáveis — e, além de tudo, o cheiro é divino! Já que ele se encontra na categoria dos óleos mais densos, se a sua pele for oleosa ou mista, recomendamos a utilização do óleo de coco apenas como hidratante noturno.

Azeite de oliva

Este óleo é ultrarico em ácidos graxos e vitamina E, e há estudos que demonstram que os antioxidantes do azeite de oliva podem auxiliar na prevenção do câncer. Assim como o óleo de jojoba, o azeite de oliva é similar aos óleos naturalmente produzidos pelo rosto, então ele é absorvido com facilidade pela pele. Assegure-se de usar azeite extra-virgem, de preferência orgânico — se vai passar no seu rosto, vale a pena gastar um pouco mais! Embora possa ser utilizado em todos os tipos de pele, ele é um pouco mais forte que outros óleos, então a nossa recomendação é deixar este de lado se você tiver acne ou tendência a desenvolvê-las.

Qual o seu tipo preferido de óleo facial para uma pele brilhante?

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article