Como saber se ostras cruas fazem mal

Escrito por ava perez | Traduzido por victor ferreira
Como saber se ostras cruas fazem mal
Ostras ruins podem causar dores estomacais e diarreia (Amy Steigbigel/Photodisc/Getty Images)

Ostras são normalmente consumidas cruas e temperadas com limão, raiz-forte, molho de pimenta, etc. É indispensável que as ostras estejam frescas e vivas até o ponto de servi-las, para evitar intoxicação por frutos-do-mar. Comer uma ostra ruim pode causar problemas digestivos, estomacais e intestinais. Há vários indicativos para saber se uma ostra está boa ou não para o consumo, portanto é importante checar todos.

Instruções

    Seção 1

  1. 1

    Selecione ostras frescas, com no máximo quatro dias. Pergunte aos funcionários de seu mercado local a data que as ostras foram pescadas.

  2. 2

    Tenha certeza de que as ostras foram armazenadas no gelo, isso as preserva frescas.

  3. 3

    Verifique se cada concha está selada, se estiver aberta significa que a ostra está morta, se for o caso, descarte-a.

  4. 4

    Descarte também as que estiverem com as conchas quebradas, pois a exposição pode causar o apodrecimento da carne.

  5. 5

    Cheire as ostras, se estiver com um mau cheiro significa que não está boa para o consumo.

  6. 6

    Abra e examine a carne e o fluído, as ostras devem estar úmidas e suculentas, se estiver seca e enrugada não consuma.

Dicas & Advertências

  • Bata levemente na concha aberta, se a ostra se fechar, é porque ela está viva e boa para o consumo, caso contrário descarte-a.