Como saber se ostras frescas estão estragadas

Escrito por jaimie zinski | Traduzido por karla marques vollkopf
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como saber se ostras frescas estão estragadas
Fique de olho para saber se suas ostras ainda estão boas (Dick Luria/Photodisc/Getty Images)

Ingerir alimentos crus pode ser perigoso se o alimento em questão estiver estragado. Ostras estragadas contêm a bactéria Vibrio Vulnificus, e o seu consumo pode causar doenças. Sintomas associados a ingestão de ostras estragadas incluem náusea, vômito, diarreia aguada e cólicas estomacais intensas. Esses sintomas geralmente se manifestam em apenas algumas horas após o consumo e podem durar dias. É importante ficar de olho nos sinais de que as ostras podem estar meio passadas.

Nível de dificuldade:
Fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Examine a ostra para se assegurar de que está completamente fechada, caso não sejam servidas em uma só casca. Um sinal de que não pode mais ser consumida é quando a casca começa a se abrir e o seu conteúdo escorre.

  2. 2

    Cheire as ostras. Se estiverem com odor de ovos podres, estão estragas e não devem ser consumidas.

  3. 3

    Examine a consistência da ostra em si. O conteúdo deve ser liso e brilhante. Ostras secas ou com aparência encolhida e murcha estão podres.

Dicas & Advertências

  • Caso os sintomas após o consumo de ostras cruas sejam sérios, procure seu médico.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível