Mais
×

Como dizer se o ouro encontrado na forma bruta é real?

Garimpeiros de todo o mundo têm passado meses ou até anos tentando desesperadamente encontrar ouro. Existem mesmo caçadores de tesouros amadores e garimpeiros que procuram ouro como passatempo. Não importa o quão séria é sua busca por ouro, é importante que você saiba identificar aquilo que procura. Nem tudo o que brilha é ouro, e a excitação pode frequentemente alterar sua percepção para fazê-lo imaginar que encontrou ouro de verdade.

Instruções

Encontrar ouro na natureza significa que é preciso testá-lo (John Foxx/Stockbyte/Getty Images)
  1. Examine cuidadosamente a cor. Ouro bruto têm uma cor amanteigada que parece brilhar na luz em vez de refleti-la como um espelho. Quando misturado a cobre, o ouro pode ficar mais alaranjado, e vermelho quando misturado a ferro, mas as qualidades de reflexão serão as mesmas em uma mistura se houver uma quantidade significante de ouro na pedra.

  2. Observe como o ouro reflete a luz. Ouro de tolo é reluzente e brilhante, mas se você deixá-lo na sombra, ficará com uma aparência opaca e embaciada. Ouro de verdade manterá um brilho fraco, mesmo que não tão forte quanto o brilho de quando está no sol. Ouro de tolo é claro e brilhante -- muito mais claro do que o ouro de verdade.

  3. Compare o peso. Se você segura uma pedra do mesmo tamanho daquela que suspeita que contém ouro, o ouro bruto deve ser bem mais pesado do que a outra pedra. Ouro é extremamente pesado, superando até o chumbo, que é um elemento muito denso. Materiais mais leves que podem ser confundidos com o ouro não chegam nem perto do seu peso.

  4. Esmague o ouro. Este é um metal mole, maleável. O real, mesmo na forma bruta, será amassado como uma argila dura em vez de quebrar, se romper ou esmigalhar. As chances são de que se o elemento passar em todos os outros testes e ainda se moldar na sua mão, então é ouro mesmo.

bibliography-icon icon for annotation tool Cite this Article