Como outorgar procuração a um parente

Escrito por ehow contributor | Traduzido por césar campos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como outorgar procuração a um parente
Saiba escolher o parente que será seu procurador (woman with parents image by Pavel Losevsky from Fotolia.com)

Procuração é um documento jurídico que concede poder a outra pessoa para agir em seu nome em determinados assuntos jurídicos ou financeiros. Por ser um documento que dá ao outorgado muitos direitos, a maioria das pessoas escolhe amigos ou parentes próximos para outorgar este instrumento. Se você precisar conceder procuração para um parente, as dicas a seguir devem dar alguma orientação.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Decida para quem deve ser concedida a procuração. Você deve escolher alguém que seja de sua confiança para atuar em seus melhores interesses e lidar com todos os deveres e responsabilidades associados ao seu procurador. Pergunte a si mesmo em qual parente você confia mais para tratar de seus assuntos e qual entende melhor seus sentimentos e desejos, caso esteja incapacitado.

  2. 2

    Compreenda a extensão da procuração. Ela pode ser redigida de forma a outorgar o seu agente para lidar apenas com um tipo particular de transação ou pode ser ampla e dar autoridade para tomar várias decisões financeiras e jurídicas. Dependendo da lei de seu estado, uma procuração também pode ser escrita para entrar em vigor somente após ocorrer a sua inabilidade.

  3. 3

    Elabore uma procuração. Ao saber para qual parente deseja conceder tal documento e a extensão do poder, você está pronto para preparar o instrumento jurídico. Existem muitas formas disponíveis na internet para download. Confira o site do grupo de pesquisa Internet Legal (consulte as Fontes abaixo) para obter exemplos dos modelos mais usados. Certifique-se de que o documento tenha testemunhas e seja reconhecido por um tabelião.

  4. 4

    Compreenda os direitos transmitidos por uma procuração. Ela dá a alguém o direito de gastar seu dinheiro, acessar sua conta bancária, vender seu imóvel, celebrar contratos em seu nome e iniciar ação judicial. Você tem o direito de revogar a procuração a qualquer momento, caso fique insatisfeito com o parente escolhido para ter esses direitos.

Dicas & Advertências

  • Você deve consultar um advogado com experiência em direito de família e questões patrimoniais, caso tenha dúvidas a respeito da concessão de procuração a um parente.
  • Lembre-se que a procuração é um documento sério que dá autoridade substancial a outra pessoa sobre seus interesses. Nunca assine um documento desse tipo, a menos que compreenda plenamente os direitos dos quais está se privando e confie no parente a quem está concedendo tais direitos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível