Oxytoca e infecções no trato urinário

Escrito por michaele curtis | Traduzido por joan diaz
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

Infecções no trato urinário são inflamações do sistema urinário causados pelo alastro de bactérias da pele ou do intestino. A causa mais comum de uma infecção no trato urinário é o E. coli, mas outros tipos de bactérias podem ser responsáveis. Uma delas é chamada de klebsiella oxytoca.

Outras pessoas estão lendo

Infecções do trato urinário

Há três tipos de infecções do trato urinário. Uretrite é a mais comum. Ela afeta a uretra, o canal que elimina a urina da bexiga. A uretrite costuma evoluir para uma cistite se não for tratada. Cistite é a inflamação da bexiga. Se a infecção continuar piorando, pode se desenvolver em pielofrenite, infecção dos ureteres e dos rins. Sabe-se então que quanto mais alto a infecção do trato urinário sobe, mais complicado fica. Infecções nos rins que não são tratadas levam a doenças dos rins ou total falência dos mesmos.

Oxytoca

Klebsiella Oxytoca (ou apenas oxytoca) é um tipo de bactéria da família klebsiella, que é bastante similar à klebsiella pneumoniae. Este tipo de bactéria é encontrada normalmente nos intestinos e necessária para a função normal do aparelho digestivo. Estes podem se espalhar do ânus e das fezes para a uretra e causar uma infecção. Klebsiella bacteria costuma se colonizar em pessoas com sistemas imunológicos fragilizados. Por causa disto, infecções no trato urinário causadas pelo klebsiella oxytoca costumam ocorrer em pacientes de hospital ou pessoas que já estão doentes.

Sintomas

A infecção do trato urinário por klebsiella oxytoca pode ser identificada de várias maneiras, mas normalmente provoca vontade de urinar frequentemente. Apesar de sentir que precisa-se urinar todo o tempo, pouca ou nenhuma urina pode sair. Quando urina-se, experimenta-se uma sensação queimante. A urina pode parecer mais escura ou mais mal-cheirosa do que o normal. Em alguns casos, talvez veja sangue junto da urina.

Diagnóstico

Se você suspeita que contraiu uma infecção do trato urinário por klebsiella oxytoca, seu provedor de assistência médica deverá pedir uma amostra de sua urina. Análise de sua urina irá determinar se você tem uma infecção causada por bactérias em seu sistema urinário. Exames posteriores podem envolver uma cultura na urina, onde essas bactérias são criadas em um laboratório. Isto permite que seu provedor de assistência médica confirme que a bactéria é a klebsiella oxytoca. Em alguns casos, talvez testem alguns medicamentos na bactéria criada no laboratório para ver o quão efetivos eles seriam em sua infecção.

Tratamento

Como infecções do trato urinário por klebsiella oxytoca costumam ocorrer em pessoas cujos sistemas imunológicos já estão fragilizados, não é recomendável tentar tratá-los por conta própria. A maioria dos provedores de assistência médica vão recomendar uma série de antibióticos prescritos. No entanto, infecções por klebsiella oxytoca podem ser resistentes a vários antibióticos, incluindo os feitos à base de penicilina ou similares. Uma mistura dos antibióticos trimetoprima e sulfametoxazol costuma ser usada para tratar de infecções do trato urinário por klebsiella oxytoca.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível