O que é o palmitoil pentapeptídeo?

Escrito por judy wolfe Google | Traduzido por eduardo horst maidana
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que é o palmitoil pentapeptídeo?
O palmitoil pentapeptídeo é uma substância que estimula a produção de colágeno, utilizada em muitos produtos cosméticos (Cosmetic tube and pot of cream image by Erika_DC from Fotolia.com)

O palmitoil pentapeptídeo é uma molécula de cinco lados que consiste de peptídeo lisina, treonina e serina, derivados do colágeno, combinados com palmitoil, um ácido graxo derivado do interferon-alfa. Tanto a sua alta absorção quanto capacidade de estimulação de fibroblastos, conforme pesquisas clínicas, fazem dessa substância um excelente estimulador da produção de colágeno, o que reduz o aparecimento de rugas. O palmitoil pentapeptídeo é agora ingrediente de muitos produtos antienvelhecimento.

Outras pessoas estão lendo

Identificação

O palmitoil pentapeptídeo é derivado do pro-colagéno I pentapeptídeo, um fragmento de cadeia de cinco aminoácidos lisina-treonina-treonina-lisina-serina. Conhecido como peptídeo KTTKS, o pro-colágeno I estimou a produção de fibroblastos em culturas de laboratório. O palmitoil é um ácido graxo derivado que, quando combinado com o pentapeptídeo solúvel em água KTTKS , aumenta de cinco a seis vezes a sua capacidade de penetrar na pele. O palmitoil dessa substância, ou pal-KTTKS, é derivado do interferon-alfa. O palmitoil pentapeptídeo-3, comercialmente vendido como Matrixyl, é uma combinação de ácido palmítico e KTTS sintético.

História

O palmitoil pentapeptídeo foi criado como resultado de pesquisas em duas áreas da dermatologia: cicatrização de feridas e formação de rugas. Quando a pele é lesionada, células especializadas, chamadas fibroblastos, ajudam na criação de um novo tecido, produzindo o colágeno encontrado no tecido conjuntivo que suporta a pele. Conforme as pessoas envelhecem, seus fibroblastos produzem menos colágeno, as feridas demoram mais tempo para cicatrizar, o tecido conjuntivo que suporta a pele é danificado e elas desenvolvem rugas.

Em um estudo citado em maio de 1993 no "Journal of Biological Chemistry", pesquisadores da University of Tennessee Departments of Medicine, Pharmacology and Biochemistry, e a Veterans Administration Medical Center of Memphis descobriram que quando fibroblastos ineficientes da pele idosa foram isolados e tratados com os mesmo fatores, que os estimulam como parte do processo de cicatrização, eles começam a produzir níveis normais de colágeno.

Essa descoberta levou a avanços nas pesquisas em cosméticos para aumentar a produção de colágeno pelos fibroblastos em humanos.

Um estudo de 12 semanas da Procter & Gamble mostrou que indivíduos que usaram o hidratante facial enriquecido com o pal-KTTKS a 3 ppm tiveram "... significante melhora em relação a grupos de controles, que usaram placebo, na redução de rugas e linhas de expressão na análise técnica e de imagem".

Função

Por ser um fragmento de colágeno que afeta a atividade fibroblástica, o pal-KTTKS estimula a produção de colágeno do tipo I, III e IV, e também do polissacarídeo ácido hialurônico, que tem um papel importante na hidratação da pele.

Significância

A estrutura molecular do palmitoil pentapeptídeo permite uma penetração na pele mais profunda do que outros produtos antienvelhecimento, estimulando a produção de colágeno e melhorando a hidratação. De acordo com o Procter and Gamble's Pentapeptide PAL-KTTKS Research Update, três estudos clínicos, em mulheres entre 30 e 55 anos, mostraram a eficiência do palmitoil pentapeptídeo em reduzir rugas e melhorar a aparência geral da pele facial.

Benefícios

A Procter & Gamble também afirma que o palmitoil pentapeptídeo não causa dano algum à barreira de pele. Isso significa que usar o produto não causa desidratação nem permite que substâncias potencialmente perigosas penetrem na pele, o que poderia causar dor, inflamação e hipersensibilidade.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível