Panelas com camada de teflon e arranhões

Escrito por cynthia gomez | Traduzido por franciele gobi
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Panelas com camada de teflon e arranhões
Camadas de Teflon em panelas resultam em uma superfície antiaderente (steak on a pan image by Wolszczak from Fotolia.com)

A camada de Teflon em panelas evita que a comida grude nela enquanto você cozinha. Infelizmente, essa camada pode ser arranhada com facilidade. Isso significa que a panela que era nova até um mês atrás hoje pode parecer desgastada. Logo, antes de comprar panelas com camadas de Teflon, é importante considerar os prós e os contras dessa camada sobre os utensílios de cozinha.

Outras pessoas estão lendo

Definição

O Teflon é um material antiaderente originalmente introduzido nos utensílios de cozinha nos anos 1960, após serem desenvolvidos pela DuPont. Ele consiste de uma combinação de fluoropolímeros que, quando aplicado às panelas, criam uma superfície que resiste à aderência dos alimentos.

Importância

As pessoas utilizam panelas com camadas de Teflon porque elas tornam a tarefa de cozinhar mais simples -- principalmente para aqueles que tendem a queimar os alimentos -- pois dessa forma você não terá comida tostada grudada à panela. Isso também torna a limpeza mais fácil. Se você já tentou cozinhar peixe à milanesa em uma panela regular, provavelmente já ocorreu de parte da massa ficar na panela ao invés de permanecer em volta do peixe. Em uma panela com camada de Teflon, esse inconveniente é evitado.

Problema

O problema das camadas de Teflon é que elas podem ser arranhadas com facilidade. Logo, utensílios de cozinha antiaderentes com camadas de Teflon devem ser tratados com cuidado. Em particular, o uso de utensílios de metal sobre Teflon deve ser evitado. Arranhões não apenas danificam a aparência da panela, mas também permitem que a comida grude na superfície arranhada.

Ideias errôneas

Muitas pessoas acreditam que as lascas dos arranhões na panela são perigosas caso ingeridas. Nenhum estudo provou que o consumo de pequenas quantidades de Teflon traz riscos à saúde. Por outro lado, verificou-se que Teflon superaquecido emite um produto químico que acredita-se ser cancerígeno, de acordo com um artigo de 2007 publicado na revista "Psychology Today". No entanto, panelas arranhadas não apresentam níveis detectáveis desse produto em sua superfície, diz o artigo. Além disso, a não ser que sejam superaquecidos, os fluoropolímeros são inertes e não interagem com o seu corpo caso ingeridos, aponta um artigo do website "Go Ask Alice", publicado em 2002.

Melhoramentos

As panelas atuais com camada de Teflon são melhores que aquelas antiaderentes de algumas décadas atrás. Um dos motivos é que, atualmente, os fabricantes aplicam várias camadas de Teflon e, por isso, caso a panela seja arranhada superficialmente, as camadas inferiores continuam intactas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível