O que pode fazer com que as panturrilhas fiquem rígidas?

Escrito por emmalise mac | Traduzido por marina pastore
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que pode fazer com que as panturrilhas fiquem rígidas?
Sapatos de salto alto são uma causa comum de rigidez nas panturrilhas (Jupiterimages/Creatas/Getty Images)

Músculos rígidos nas panturrilhas representam um problema comum para corredores e outros atletas. A panturrilha é formada pelos músculos gastrocnêmio e sóleo. Quando estes músculos ficam rígidos, até mesmo atividades do dia a dia, como caminhar, podem se tornar dolorosas. Os músculos da panturrilha podem se enrijecer gradualmente e soltar-se durante uma corrida, ou podem ficar rígidos e ter espasmos somente durante corridas. De acordo com a Sports Injury Clinic (Clínica de Lesões Esportivas), a maior parte dos casos de rigidez nas panturrilhas pode ser tratada através de alongamento e massagem esportiva.

Outras pessoas estão lendo

Sapatos de salto alto

Sapatos de salto alto mantêm os músculos da panturrilha em uma posição encurtada durante horas, enquanto quem os usa pode andar por grandes distâncias e subir escadas. Após um tempo prolongado nesta posição, os músculos da panturrilha se encurtam e ficam rígidos, especialmente quando são desafiados por sapatos baixos que exigem que o músculo se estique até a posição normal. Usuárias de sapatos de salto alto que sofrem de panturrilhas rígidas devem alongar seus músculos frequentemente e meticulosamente, e remover os sapatos para um alongamento sempre que possível — por exemplo, quando sentadas à mesa.

Sobreuso

Corredores e atletas, especialmente aqueles que correm frequentemente, podem sofrer lesões por sobreuso. O sobreuso pode resultar em microrrompimentos nos músculos da panturrilha, fazendo com que eles sofram espasmos, impedindo o fluxo sanguíneo e resultando em mais rigidez. Lesões por sobreuso no músculo sóleo são comuns e podem vir acompanhadas por dor na região central da panturrilha. A Sports Injury Clinic recomenda gelo, ibuprofeno e descanso para permitir que os músculos se recuperem da lesão, seguidos pela manutenção de um plano de exercícios razoável que inclua muito alongamento. Qualquer um que já tenha sofrido uma lesão ou inchaço da panturrilha deve consultar um profissional médico.

Síndrome compartimental lateral

Atletas, ou qualquer um que treine rápida e intensamente — como para uma maratona —, podem sofrer de rigidez nas panturrilhas como resultado da síndrome compartimental lateral. Os músculos da panturrilha basicamente crescem mais do que a bainha de tecido conjuntivo que os rodeia, fazendo com que a bainha pressione os músculos, resultando em rigidez e dor. Esta síndrome também pode ser causada por lesões traumáticas quando um sangramento ou inchaço faz com que os músculos se enrijeçam dentro da bainha. A Sports Injury Clinic recomenda uma massagem esportiva para ajudar a afrouxar a bainha enquanto o atleta passa por um período de repouso.

Desequilíbrio biomecânico

Os músculos do corpo humano trabalham para estabilizar as articulações para que outros músculos sejam capazes de funcionar devidamente; estes pares funcionam como forças de oposição que efetuam duas metades de um movimento. Treinamentos esportivos e levantamento de peso podem resultar em desequilíbrios: a fraqueza muscular numa área do corpo pode causar excesso de esforço sobre outra região. O Flexibility Coach (Treinador de Flexibilidade) e a Sports Injury Clinic recomendam fortalecer os músculos das canelas para balancear a parte inferior da perna e fortalecer os músculos das coxas e quadris para estabilizar as articulações da perna e melhorar sua função.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível