O papel do CEO na governança corporativa

Escrito por joe kelly | Traduzido por elia regina previato
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O papel do CEO na governança corporativa
Os CEOs lideram as empresas (Company image by Yuriy Rozanov from Fotolia.com)

O executivo-chefe (CEO) é o chefe da empresa e é o responsável pelo seu sucesso global. Alguns também são membros do Conselho de Administração da empresa ou de outras empresas. Eles determinam as políticas que compõem a estrutura de uma organização ou de sua governança corporativa.

Outras pessoas estão lendo

Presidente do conselho

Muitas vezes, um CEO serve como presidente do conselho de administração. O conselho realiza avaliações de desempenho do CEO e de outros executivos de alto nível e determina se estão fazendo um bom trabalho de condução da empresa, podendo contratá-los ou demiti-los. Como parte do conselho de administração, um CEO dá opiniões sobre o direcionamento da empresa, financeira e estrategicamente. Steve Jobs foi o presidente e o CEO da Apple por muitos anos.

Análise da indústria

Para dirigir a empresa, o CEO deve ter conhecimento sobre o setor, frequentando e comparecendo a conferências e reuniões com outros executivos para negociar e trocar informações, o que não só o mantém informado sobre os próximos eventos e oportunidades, como fusões, mas também o deixa ciente das ameaças potenciais, como uma nova linha de produtos concorrentes.

Aprovação de relatórios anuais

Os relatórios anuais são como um demonstrativo público da situação financeira de uma empresa, onde o CEO escreve uma mensagem pessoal que os acompanha. A mensagem é um resumo de todo o relatório e declara seus pensamentos sobre os objetivos futuros e como a empresa está progredindo para alcançá-lo. A carta se destina a informar aos acionistas sobre o desempenho passado e futuro da empresa, e o CEO deve verificar se todas as demonstrações financeiras contidas no relatório são verdadeiras e completas.

Trabalho com outros executivos

Um CEO deve se comunicar com outros executivos de alto nível para tomar decisões, podendo muitas vezes ajudar no recrutamento desses próprios executivos, pois vai trabalhar diretamente com eles. Embora normalmente receba informações e opiniões dos diretores, como o financeiro, o de tecnologia e o de marketing, o CEO tem a decisão final sobre as questões e deve indicar claramente o raciocínio que o levou a tomá-las, usando para isso as apresentações e as reuniões na empresa. Uma comunicação eficaz reduz equívocos e faz com que os funcionários se sintam seguros sobre o futuro da empresa.

Determinação de políticas corporativas

O CEO deve saber bastante a respeito de temas empresariais básicos para que possa tomar decisões em uma ampla variedade de áreas. Ele é obrigado a ter um "Master of Business Administration" (MBA) e experiência mínima de dez anos no negócio, de preferência na mesma indústria; elementos antecedentes que lhe proporcionam uma ampla base de conhecimento. Entre suas atribuições estão a determinação da abertura do capital da empresa ao público, quantos funcionários contratar ou demitir, se deve ou não fundir-se com outras empresas e quais as empresas a adquirir. Ele também deve se certificar de que as políticas da empresa sejam claramente comunicadas às pessoas certas nos formatos de e-mail, memorando ou newsletter.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível