O papel do homem e da mulher no século 21

Escrito por michelle lovrine | Traduzido por julio vizo
O papel do homem e da mulher no século 21
As mulheres percorreram um longo caminho desde o início do século 20, mas ainda espera-se que elas sejam submissas aos homens e estejam associadas com tarefas domésticas (Polka Dot Images/Polka Dot/Getty Images)

Os papéis de homens e mulheres mudaram dramaticamente desde o início do século 20. Os contraceptivos permitiram o planejamento de uma família para que ela se adequasse à uma carreira e a deixasse mais fácil para as mulheres; além disso, os movimentos políticos e sociais permitiram que elas avançassem para o ponto em que uma mulher poderia ser eleita presidente. Apesar de tudo, as mulheres ainda enfrentam muitas limitações no trabalho, têm um papel menos dominante do que os homens em relacionamentos e carregam a maior parte das responsabilidades com os filhos.

O direito das mulheres

O século 20 viu uma grande mudança nos papéis de mulheres e homens. Na maior delas, as mulheres exigiram e obtiveram o direito de voto nos Estados Unidos em 1920. No entanto, as opções ainda eram limitadas. Em 1963, Betty Friedan publicou "The Feminine Mystique", um best-seller que delineava a insatisfação das mulheres com seu papel de donas de casa. As mulheres de todo o mundo concordaram com os argumentos de Friedan e reconheceram que elas precisavam extrair mais da vida.

Com a invenção da pílula anticoncepcional na década de 1960, as mulheres poderiam controlar quando queriam ter filhos. Pela primeira vez, elas tinham um método altamente confiável de controle de natalidade para ajudar a planejar suas vidas. As carreiras não necessariamente precisariam ter um "banco traseiro" para levar a família. O movimento de igualdade de oportunidades também significava que os empregadores não poderia discriminar as mulheres no ato da contratação e de uma eventual promoção, oferecendo maior segurança para elas no mercado de trabalho. Ao mesmo tempo, crescia a oferta de empregos melhores, permitindo que elas tivessem ótimas oportunidades.

Vida no trabalho

As mulheres têm superado o rótulo único de "dona de casa" no século 20, mas ainda existem tensões entre homens e mulheres no local de trabalho. Josette S. Shiner, do jornal Washington Times, afirmou em um discurso público que as mulheres ainda sentem a necessidade de se comportarem como homens no trabalho. Elas lutam para competir com eles no mercado de trabalho e, portanto, se comportam como tal. Outras mulheres, desistiram de ter uma família para que pudessem se concentrar mais no trabalho. Em instituições religiosas, enquanto isso, os homens ainda são os líderes, pois em algumas delas só eles podem deter posições no clero.

Relacionamentos

As mulheres ainda sofrem com o estereótipo de que elas são submissas e domésticas, enquanto os homens são as figuras de autoridade. Miele, um fabricante de produtos de limpeza, produziu um estudo no final dos anos 2000 que concluiu que oito em cada 10 mulheres britânicas ainda são responsáveis ​​pela maior parte do trabalho doméstico em uma família. As funções mais difíceis no trabalho de limpeza, como a limpeza do banheiro e cozinha, normalmente são deixados para a mulher. Além disso, o Ontario Consultants on Religious Tolerance, do Canadá, citou várias religiões que interpretam a Sagrada Escritura como dizendo que as esposas devem ser submissas aos maridos.

Cuidados paternais e maternais

As mulheres também ainda são vistas como as principais cuidadoras das crianças na maioria das famílias, mas isso está mudando. Por exemplo, de acordo com o Bureau of Labor Statistics dos EUA, menos de 1% dos pais ficavam em casa cuidando das crianças e dos afazeres domésticos em 2006. Apenas 19% dos homens são pais solteiros que vivem com seus filhos. No entanto, isso ainda significa que havia 159.000 pais que cuidavam dos afazeres domésticos e das crianças em 2006, de acordo com o Centro de Estatística dos EUA. Existe uma comunidade de pais "donas-de-casa" que são muito orgulhosos de seu papel na família e de apoiar o trabalho das mulheres incondicionalmente.

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível