Como parar de tomar Cymbalta

Escrito por donn saylor | Traduzido por felipe vargas
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

A decisão de parar de tomar Cymbalta não deve ser tomada levianamente. Só com o consentimento e acompanhamento de um médico isso deve ser tentado. O Cymbalta tem se mostrado um dos antidepressivos mais desafiantes para se deixar. Os sintomas de abstinência podem ser cansativos -- mas, com o plano adequado de cuidado, você poderá interromper o uso de Cymbalta com relativamente pouca dor. Assim como com qualquer antidepressivo, há riscos singulares ao interromper o uso do Cymbalta. Por isso, cuidado e vigilância extrema devem ser tomados ao longo de todas as etapas do processo de interrupção.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

Instruções

    Passos para largar a Cymbalta

  1. 1

    Afaste-se da droga. Sob nenhuma circunstância deve-se interromper o uso subtamente. Ao iniciar pela primeira vez com um antidepressivo, a medicação leva tempo para constituir-se no sistema do seu corpo, e, compreensivelmente, é preciso tempo para limpá-la com segurança uma vez que tenha decidido parar de tomá-la. O seu médico reduzirá lentamente a sua dose diária, durante um período de semanas, até que você pare de tomar a medicação por completo.

  2. 2

    Considere Prozac para aliviar os sintomas de abstinência. Este antidepressivo amplamente utilizado é muitas vezes prescrito durante a abstinência de Cymbalta. Muitos pacientes têm tomado baixas dosagens de Prozac neste período. O medicamento é útil para aliviar diversos sintomas, incluindo baixos níveis de energia, paranoia e problemas do sono.

  3. 3

    Tome suplementos nutricionais de ácidos graxos Omega-3, tais como óleos de peixe. Estes ácidos podem ajudar com as mudanças de humor que são sinais comuns de retirada Cymbalta.

  4. 4

    Mantenha um registro de como está passando por todo o processo de interrupção. Anote os altos e baixos, dias bons e dias ruins. E, o mais importante, esteja em contato regular com o seu médico para compartilhar esses dados. Ele será capaz de ajustar seu processo de reabilitação para atender às suas necessidades apenas depois de ouvir a sua opinião sobre a experiência.

Dicas & Advertências

  • Ao se comunicar com o seu médico, seja honesto sobre tudo o que está experimentando. Não faça quaisquer decisões sobre o processo de reabilitação sem consultá-lo.
  • Use a confiança da família e amigos durante este período. Deixe as pessoas mais próximas a você saberem que você está prestes a parar de tomar este medicamento e conte com o apoio deles tanto quanto possível durante os períodos difíceis. Tendo seu médico, família e amigos do seu lado, você não deverá passar por isso sozinho.
  • Esteja preparado para os sintomas de abstinência, alguns dos quais incluem: náuseas, tonturas, dores de cabeça, vômitos, pesadelos, alterações de humor e os sentimentos semelhante a um choque elétrico dentro do cérebro.
  • Durante o período de redução Cymbalta, não perca uma única dose da droga. O sistema é tão sensível ao Cymbalta que, mesmo deixando apenas uma dose, poderá causar sintomas de abstinência.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível