Como fazer uma parede à prova de som de um cão latindo

Escrito por mark freeman | Traduzido por juliana s. zoccoli
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como fazer uma parede à prova de som de um cão latindo
O latido de um cão contém uma grande amplitude de frequências (George Doyle/Stockbyte/Getty Images)

O latido de um cão pode passar por vários tipos de paredes por causa de seu alto volume e sua grande amplitude de frequências, que se encontram na faixa de audição humana. Diferentes materiais absorvem e refletem bandas de frequências específicas com base na sua densidade e elasticidade. Uma parede típica, feita de madeira, gesso ou blocos de cimento, absorve apenas uma parte da frequência produzida pelo latido de um cão. Portanto, para uma parede à prova do som dos latidos, camadas de diferentes materiais são necessárias para remover todas as faixas de frequência.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Madeira (1 cm de espessura) ou folhas de plástico
  • Parafusos de parede, 2 cm de comprimento
  • Chave de fenda
  • Papelão
  • Pregos de madeira, 2 cm de comprimento
  • Martelo
  • Espuma
  • Folhas de pano

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Anexe um material reflexivo, de alta densidade, diretamente na parede, como a primeira camada de isolamento acústico. Um bom material para usar nisso é madeira de 1 cm de espessura ou plástico, e, idealmente, deve cobrir toda a parede. A primeira camada deve ser um componente de alta densidade, porque esses materiais são geralmente mais pesados e, portanto, precisam estar mais próximos da parede para terem maior resistência. Estes materiais também são eficientes para absorver e refletir as altas frequências, como a parte alta do latido de um cão ou um assobio. Parafuse cada canto da chapa na parede e certifique-se de usar parafusos que sejam adequados para o seu tipo de parede. Se sua parede é drywall, use parafusos específicos para esse tipo de material. Se sua parede é de cimento, pode ser necessário fazer furos pilotos e usar parafusos de apropriados.

  2. 2

    Como segunda camada, adicione um material de densidade média, que absorve as frequências médias na faixa de audição humana, sobre a primeira camada de isolamento acústico. Papelão funciona bem para esta etapa, e pode ser barato se forem aproveitadas caixas de papelão usadas. Anexe o material com pregos de 1 cm.

  3. 3

    Instale um material de baixa densidade como a terceira camada de isolamento acústico sobre a camada anterior. Para absorver as frequências baixas, use algum tipo de espuma - quanto mais grossa e mais macia, melhor. A largura é importante porque as baixas frequências viajam em ondas mais longas que as frequências médias e altas e, por isso, necessitam de um maior volume de material absorvente para abrandar a sua progressão. Use pregos de madeira para prender a espuma à camada anterior.

  4. 4

    Deposite uma camada fina de tecido ao longo de toda a parede, como a camada final de isolamento. Mantenha um pequeno espaço vazio entre o tecido e a espuma para remover os últimos vestígios da velocidade do ar de baixa frequência. Esse espaço pode ser obtido afixando o pano com os parafusos a 1cm da espuma. Essa camada também atua como cobertura para as outras camadas, já que o isolamento acústico pode não combinar esteticamente com um cômodo, dependendo de seu uso.

Dicas & Advertências

  • Isolamento acústico pode ser muito inflamável. Mantenha fios elétricos e chamas longe da sua isolação e considere investir em spray anti-chamas e um extintor de incêndio.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível